UOL Esporte Fórmula 1
 
27/03/2010 - 06h20

Barrichello larga ao lado de Schumi e comemora: "fomos até o limite"

Das agências internacionais
Em Melbourne (AUS)

Antes do treino de classificação para o GP da Austrália, Rubens Barrichello tinha como principal objetivo colocar sua Williams entre os dez primeiros colocados do grid. O veterano brasileiro superou essa expectativa e conseguiu um oitavo lugar, após deixar para trás o inglês Lewis Hamilton na segunda parte do qualificatório.

Barrichello vai largar bem ao lado do ex-companheiro Michael Schumacher, que estará na frente do brasileiro na quarta fila. Mas o piloto da Williams ainda acha que poderia ter feito melhor, se não fosse o tráfego intenso.

“O treino de classificação foi muito bom para mim e estou feliz pelo modo como as coisas aconteceram”, comemorou o brasileiro. “Passamos do Q1, e eu fiz uma boa volta no Q2. Fiquei satisfeito com meu tempo no Q3, mas perdemos um pouco por causa do tráfego”, explicou.

“Largar em oitavo é um bom resultado, mas acho que todos na equipe pensam muito mais alto. Estou certo de que chegaremos lá, mas no momento este é o limite do carro”, avaliou Barrichello, que disse esperar um resultado melhor do que no Bahrein, quando ficou na décima posição.

Logo à frente de Barrichello, na sétima colocação do grid, estará a Mercedes do heptacampeão Michael Schumacher, que também reclamou do “trânsito” no circuito de rua de Melbourne: “Tivemos um bom treino hoje e estou contente, apesar de ter sido prejudicado pelo tráfego, especialmente na minha última volta rápida”, comentou o alemão, superado novamente pelo companheiro Nico Rosberg.

“Fizemos algumas mudanças no carro que não funcionaram perfeitamente. No geral, o grid que vimos hoje reflete a atual situação das equipes e nossa performance provavelmente é o máximo do carro no momento”, avaliou Schumacher, que foi 0s29 mais rápido do que a Williams de Barrichello.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host