UOL Esporte Fórmula 1
 
05/04/2010 - 09h01

Alonso minimiza perda da liderança do campeonato

Tatiana Cunha
Enviada especial da Folhapress
Em Sepang (Malásia)

Após perder a liderança do Mundial, não pontuar pela primeira vez neste ano e chegar atrás do companheiro Felipe Massa pela segunda vez em três corridas, Fernando Alonso resolveu fazer o jogo do contente.

"Pelo menos meu motor estourou e eu só perdi dois pontos. Teria sido muito pior se eu estivesse em primeiro", disse o ferrarista sobre o problema que o tirou da corrida na penúltima volta, quando ele buscava ultrapassar Jenson Button para assumir a oitava colocação. "Foi a corrida mais difícil da minha vida", falou o espanhol.

Assim como Massa, Alonso teve uma classificação desastrosa -19º posto no grid. Mas, ao contrário do brasileiro, que fez ótima largada, o bicampeão começou a ter problemas durante a volta de apresentação.

"Logo na primeira curva, quando eu brequei, o carro entrou no ponto morto. Achei que ia abandonar ali, mas a marcha acabou entrando e percebi que se eu acelerasse antes de trocar a marcha dava certo", explicou. "Mas foi muito complicado pilotar assim o tempo inteiro."

Sem chances de lutar pelas primeiras colocações, o piloto retardou ao máximo seu pit stop e passou a torcer pela chuva para arriscar algo. Mas a chuva que caiu no fim da tarde a semana toda, não veio neste domingo.

E Alonso teve de se contentar em lutar pelo oitavo lugar com Button até seu motor o deixar pelo caminho. "Sabia que não ia conseguir ultrapassar, mas como faltava pouco para o fim da corrida resolvi arriscar."

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host