UOL Esporte Fórmula 1
 
18/04/2010 - 11h04

Alonso torce por mais corridas "normais" na Fórmula 1

Do UOL Esporte
Em São Paulo

MASSA E ALONSO NEGAM POLÊMICA

  • AP Photo/How Hwee Young

    Manobra do espanhol na entrada dos boxes prejudicou o brasileiro, que evitou qualquer atrito com o companheiro, apesar de ter estimado a perda de três posições por causa do incidente

Quando Fernando Alonso assumiu a liderança do GP da China ao ganhar as posições de Mark Webber e Sebastian Vettel logo na largada, parecia ter feito uma manobra de gênio no começo da prova. Mas, na verdade, ele queimou a largada, e foi punido com uma passagem pelos boxes. No entanto, não foi isso que determinou a sua quarta colocação na China. Para o espanhol, em uma corrida “normal”, ele teria mais chances de vencer.

Jenson Button venceu a prova por ter ficado na pista enquanto Alonso e outros pilotos foram para os boxes colocar pneus intermediários. A pista secou, e todos tiveram que parar de novo. Para o espanhol, foi uma corrida imprevisível, e a sua estratégia não chegou a ser errada.

“Acho que tomamos as decisões certas na hora certa”, avaliou Alonso. “Em uma corrida como essa, você só entende no final qual seria a melhor coisa a fazer. Nem no pit wall nem no carro tem bola de cristal”, brincou o bicampeão mundial.

“Espero que tenhamos mais corridas normais como no Bahrein”, continuou o espanhol. “Tomara que a próxima etapa seja um fim de semana normal. Só tivemos um até agora, no Bahrein, e vencemos a prova”, declarou Alonso, que correrá em casa no próximo dia 9 de maio, no GP da Espanha.

Além dos incidentes na China, Alonso lamentou muito por ter queimado a largada. “Eu cometi um erro sério na largada. Meu reflexo me deixou na mão e eu saí muito cedo. Isso nunca aconteceu antes comigo, e estou muito desapontado comigo mesmo. Por sorte, apesar da punição, eu consegui chegar em quarto”, reconheceu o espanhol.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host