UOL Esporte Fórmula 1
 
22/04/2010 - 17h07

Ferrari pede permissão para resolver problema de confiabilidade do motor

Do UOL Esporte
Em São Paulo

A Ferrari finalmente assumiu que existe um problema de confiabilidade em seus motores. Segundo matéria publicada na revista alemã Auto Motor und Sport nesta quinta-feira, a escuderia italiana identificou o problema e deve pedir permissão a FIA para fazer mudanças nos motores, já que existe uma regra de “congelamento” do desenvolvimento dos propulsores da Fórmula 1.

A reportagem diz que o problema nos motores está nas válvulas pneumáticas. Com isso, estaria escapando muito ar do motor durante as corridas, e não está sendo possível recuperá-lo durante os pit stops mais curtos desta temporada, após o fim do reabastecimento.

Além dos problemas de superaquecimento na primeira etapa do ano, no Bahrein, os motores Ferrari tiveram quebras no carro de Fernando Alonso durante o GP da Malásia e nos treinos livres na China.

Em Sepang, os dois carros da Sauber, que são equipados com motores da montadora italiana, também abandonaram por falhas no propulsor. Em Xangai, o carro de Pedro de la Rosa voltou a enfrentar problemas no motor.

De acordo com a publicação alemã, se a Ferrari conseguir provar para a FIA que há um problema de confiabilidade em seus motores, a equipe terá permissão temporária para fazer as mudanças, mesmo com a regra de “congelamento” do desenvolvimento dos propulsores.

No entanto, os motores que já foram usados nos carros de Fernando Alonso e Felipe Massa nas quatro primeiras corridas do ano não poderão ser alterados.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host