UOL Esporte Fórmula 1
 
28/04/2010 - 17h56

Fórmula 1 pode ter o retorno do Kers para a próxima temporada

Das agências internacionais
Em Londres (Inglaterra)

O Kers, sistema que armazena a energia criada nas freadas dos carros e a transporta para o motor, pode retornar à Fórmula 1 na próxima temporada. O dispositivo foi descartado no último ano por ser muito caro, mas pode voltar em uma versão mais barata e potente.

“Basicamente, Ferrari e Renault apresentaram propostas de produzir um Kers por menos de um milhão de euros”, explicou o diretor técnico da Williams, Sam Michael, nesta quarta-feira.

“Isso foi aceito, mas o que as escuderias estão dizendo é que ao menos que aumentem a energia de 400 kilojoules a até 600 ou 800, tornando o sistema mais eficiente, não se comprometerão em fazer os Kers”, comentou.

O dispositivo ajudou McLaren e Ferrari a vencer corridas na última temporada, mas consumiu entre 10 e 20 milhões de euros. Acabou sendo descartado uma vez que a Fórmula 1 passava por um momento de corte de gastos, em consequência da crise financeira mundial.

Ainda que o Kers continue liberado pelo regulamento e tenha o apoio do corpo administrativo da categoria, as equipes concordaram em não usá-lo pelo resto do ano.

“Creio que em Barcelona (o próximo GP, no dia 9 de maio) a Fota (associação de equipes da Fórmula 1) irá tomar uma decisão sobre o uso do Kers para 2011. Tudo ainda está meio nebuloso no momento”, disse Michael.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host