UOL Esporte Fórmula 1
 
05/05/2010 - 13h29

Mesmo com carro "velho", Di Grassi terá atualizações no VR-01 em Barcelona

Do UOL Esporte
Em São Paulo

O caos aéreo europeu gerado pelas cinzas do vulcão na Islândia atrasou em cinco dias a volta de pessoal e equipamentos da Virgin de Xangai para Londres. Com isso, a equipe não conseguiu realizar todo o planejamento previsto para o intervalo de três semanas no calendário, e somente o carro do alemão Timo Glock terá todas as atualizações previstas para a Espanha, principalmente em relação ao tanque de combustível.

A equipe teve de alterar o chassi de seu VR-01, que tinha sido originalmente projetado com um tanque de gasolina menor que o necessário para terminar a maior parte das corridas. Mesmo com o carro "velho”, o brasileiro Lucas di Grassi disse que terá algumas melhorias em seu carro, e explicou a opção da equipe por dar prioridade ao alemão.

"Meu carro vai ter algumas coisas novas também, como a asa dianteira e outros componentes mecânicos. Com o tanque ainda menor que o normal, isso deve dificultar um pouco, mas apesar disso, temos capacidade para terminar a corrida se for feito o trabalho adequado", disse o brasileiro, que só deverá ter o pacote completo de atualizações no GP da Turquia, após a corrida em Mônaco.

"O vulcão atrapalhou muito porque enquanto tínhamos um terceiro carro recebendo as atualizações na Inglaterra, os outros dois estavam na China. Por isso só o chassi que já estava na fábrica ficou pronto a tempo, e o segundo teve o processo de construção atrasado em uma semana", explicou.

"A equipe escolheu o Timo para estrear este upgrade pelo histórico que ele já tem de temporadas anteriores na F-1. Ele vai ter um tanque maior e mudanças tanto no lado mecânico como aerodinâmico. Estas atualizações ainda não estão 100% testadas, e a experiência dele vai ajudar nisso”, falou Di Grassi.

DE VOLTA PARA CASA

Depois de quatro provas longe da Europa, o brasileiro diz se sentir "em casa" na primeira corrida de 2010 no “Velho Continente”, em Barcelona. O piloto comemorou o início da temporada europeia na pista em que mais acumulou quilometragem a bordo de um carro de F-1, em seu período como piloto de testes da Renault e nos treinos de pré-temporada deste ano.

"É bom estar de volta à Europa, especialmente depois do final e início de semana difícil que tivemos na China. Barcelona é uma pista conhecida pela maioria dos pilotos, e é a primeira da temporada na qual já disputei corridas em outras categorias. Então, já iniciaremos o final de semana com uma direção pré-estabelecida, porque o VR-01 evoluiu bastante desde o início do campeonato, principalmente na questão da durabilidade", falou Di Grassi.

A programação para o GP da Espanha se inicia nesta sexta-feira com os primeiros treinos livres, transmitidos pelo canal SporTV. No sábado e domingo, o treino de classificação e a corrida serão transmitidos a partir das 9h, pela TV Globo.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host