UOL Esporte Fórmula 1
 
11/07/2010 - 07h29

Ecclestone espera levar a F-1 de volta à África do Sul em até três anos

Das agências internacionais
Em Londres (ING)

A Copa do Mundo tem trazido esperanças aos sul-africanos de grandes eventos esportivos no futuro, com a possibilidade de o país se candidatar a receber os Jogos Olímpicos. A Fórmula 1 também pode ter uma parada na África, mais precisamente na Cidade do Cabo, segundo Bernie Ecclestone, chefe da categoria.

A F-1 já passou pela África do Sul, mas o último GP disputado no país foi em 1993. As visitas passaram a ser esporádicas desde 1985, com dificuldades vindas dos tempos de apartheid.

“Temos falado com as pessoas de lá há um bom tempo”, disse Ecclestone à BBC, neste domingo. “É um outro continente onde deveríamos estar. Espero que a Copa do Mundo tenha feito algo de bom para a F-1. Seria legal se tivéssemos cobrindo quase todo o globo.”

A Fórmula 1 teve disputas no circuito de Kyalami, perto de Pretoria, mas agora a Cidade do Cabo é a preferida do chefão da categoria.

“Temos conversado sobre a Cidade do Cabo, que tem um ou dois lugares fortes para que aconteça. Devemos construir um circuito, em um período de cerca de três anos”, detalhou.

Apesar disso, a preocupação é outra: “o importante mesmo neste momento é a Rússia”, disse ele, sobre os planos de uma prova em Moscou.
 

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host