UOL Esporte Fórmula 1
 
Divulgação/Ferrari

Rob Smedley conversa com Massa: ele chegou a pedir para o brasileiro acelerar

05/08/2010 - 10h05

F-1 divulga rádio que favorece Ferrari em caso da armação na Alemanha

Do UOL Esporte
Em São Paulo

NOVO RÁDIO DA FERRARI

Você precisa acelerar o ritmo, porque Fernando está mais rápido

Rob Smedley, engenheiro de Massa.

Ele está bem perto, ele vai passar, você tem que se defender

Smedley, em outra mensagem de rádio.

O site oficial da Fórmula 1 publicou um vídeo editado sobre o GP da Alemanha, em que foram reveladas outras mensagens de rádio da Ferrari no episódio em que Felipe Massa deixou Fernando Alonso passar e vencer a prova. O material poderá ser usado pela Federação Internacional de Automobilismo (FIA) na audiência que julgará a escuderia por tentar interferir no resultado da corrida.

São divulgadas falas do engenheiro de Massa pedindo para acelerar o ritmo e se defender de Alonso, o que pode favorecer a Ferrari na audiência que definirá se a equipe sofrerá outra punição.

A Ferrari já levou uma multa de US$ 100 mil pela ordem dada a Felipe Massa. “Fernando está mais rápido do que você. Confirma que entendeu a mensagem?”, disse o engenheiro Rob Smedley ao brasileiro, logo antes da ultrapassagem polêmica de Alonso.

"ESTOU MUITO MAIS RÁPIDO QUE FELIPE"

  • Reprodução do vídeo da F-1 mostra que Alonso reclamou mais de uma vez sobre Massa, até que a equipe desistiu de pedir para o brasileiro defender a posição e deixou claro: "Fernando está mais rápido do que você, confirma que entendeu a mensagem?"

Porém, o vídeo divulgado mostra outras mensagens de rádio antes da ordem que motivou Massa a desacelerar e deixar Alonso assumir a liderança. Smedley falou com o brasileiro duas vezes para pedir que defendesse sua posição.

“Ele está bem perto, ele vai passar, você tem que se defender”, disse Smedley, que depois continuou motivando o brasileiro: “Você precisa acelerar o ritmo, porque Fernando está mais rápido”.

Depois, Fernando Alonso manda a seguinte mensagem para a equipe: “Eu estou muito mais rápido do que Felipe”. Seu engenheiro responde: “Entendemos a mensagem, entendemos a mensagem”.

Ao final, Massa não parece muito animado na conversa com a equipe após a bandeirada: “O que posso dizer? Parabéns ao time”.

Presidida pelo ex-chefe da Ferrari Jean Todt, a FIA reunirá seu Conselho Mundial para analisar o caso no próximo dia 8 de setembro, em Paris, dois dias antes do início do GP de Monza, na Itália, a casa da Ferrari.

Placar UOL no iPhone

Hospedagem: UOL Host