Topo

Fórmula 1

Heidfeld é confirmado no lugar de De La Rosa na Sauber até o fim do Mundial

Do UOL Esporte

Em São Paulo

14/09/2010 06h39

Após começar como um rumor, a notícia de que Pedro de la Rosa deixará sua vaga na Sauber foi confirmada. O veterano espanhol dará lugar ao alemão Nick Heidfeld, que sentará no cockpit da equipe até o fim da temporada, que ainda tem mais cinco etapas em disputa.

“Foi um decisão dura para mim e agradeço ao profissionalismo de Pedro”, disse Peter Sauber, ao Autosport. “Assinando com Heidfeld, teremos um piloto extremamente bom, que ajudará a encontrar o potencial do nosso carro.”

“Estou surpreso pela decisão do time, mas eu a respeito e gostaria de desejar a todos sorte para o fim da temporada. Eu ainda espero correr na Fórmula 1 em 2011”, afirmou De la Rosa, em comunicado.

Segundo o jornal suíço Blick, em matéria publicada na segunda, a troca tem como objetivo somar mais pontos nas últimas provas para tentar tirar da Willliams a sétima colocação no Mundial de construtores. Com apenas seis pontos no campeonato, contra 21 de seu companheiro Kamui Kobayashi, De La Rosa terminou a prova do último domingo na 14ª colocação.

“Estou ansioso por voltar a correr em um bom carro. Os testes me motivaram e me sentirei em casa. Agradeço ao Peter Sauber pela fé que está colocando em mim”, disse Heidfeld.

O alemão de 33 anos começou a temporada como piloto reserva da Mercedes, antes de ser contratado pela Pirelli para testar os pneus para a próxima temporada. Ele correu no time de Peter Sauber entre 2001 e 2003, além de ter sido piloto da BMW Sauber entre 2006 e 2009.

Já De La Rosa, de 39 anos, tem 98 participações na Fórmula 1 e 85 largadas, com apenas um pódio, em 2006, na Hungria. A expectativa é que devido à sua idade o piloto possa acabar se aposentando, caso não encontre outro carro para correr.