Topo

Fórmula 1


Williams confirma renovação de Barrichello para a temporada de 2011

EFE/Sebastiao Moreira
Rubinho chegou na Williams neste ano e tem um quarto lugar como melhor colocação Imagem: EFE/Sebastiao Moreira

Do UOL Esporte

Em São Paulo

15/11/2010 09h09

A Williams confirmou nesta segunda-feira que o brasileiro Rubens Barrichello continuará na equipe na próxima temporada. Será o 19ª ano do piloto na Fórmula 1.

Aos 38 anos, Rubens Barrichello detém o recorde de 304 corridas disputadas na categoria, e terminou o ano de 2010 com 47 pontos ganhos, mais que o dobro dos 22 do seu companheiro Nico Hulkenberg, que não ficará na equipe em 2011.

“Contratamos Rubens sabendo que ele traria conhecimento técnico, experiência e paixão. Ele trouxe tudo o que poderíamos esperar para essa temporada e estamos muito felizes por confirmar que ele vai correr conosco novamente em 2011”, disse o chefe Frank Williams.

"Estou extremamente feliz por continuar na Williams em 2011, onde eu encontrei um ambiente incrível. Fizemos um trabalho de grande progresso nesse ano e estamos trabalhando muito no carro do ano que vem. São razões que me deixam muito entusiasmado. Tenho que agradecer a todo empenho do time e por compartilharem a paixão pelo automobilismo comigo", comentou o brasileiro.

Quando à saída de Nico Hulkenberg, Williams não apresentou nenhuma justificativa, e esclareceu que o substituto do alemão será anunciado antes do final deste ano. Tudo indica que deverá ser o venezuelano Pastor Maldonado, campeão da GP2.

“Agradecemos ao Nico pelo bom trabalho neste ano. Estamos orgulhosos por tê-lo apoiado. A Williams tem trazido grandes talentos ao esporte ao longo de muitos anos, e estamos convencidos de que Nico ainda fará grandes coisas. Desejamos tudo de bom a ele e esperamos que nossos caminhos se cruzem no futuro”, completou Williams.

"Lamento profundamente, pois eu ficaria feliz em permanecer na Williams", respondeu Hulkenberg em nota no seu site oficial. Seu empresário Willi Weber assegurou que o piloto terá lugar em outra equipe no ano que vem.

"Foi bem legal dividir esse ano com o Hulk e espero que ele continue na F1, pois, sem dúvida, é um grande piloto e tem muito talento", avaliou Rubinho sobre o companheiro.

Hulkenberg foi campeão da GP2 no seu primeiro ano na categoria em 2009, e chocou a Fórmula 1 ao conseguir uma pole position no GP do Brasil. No entanto, seu substituto Maldonado trará o patrocínio dos petroleiros venezuelanos, sendo que a Williams está encerrando contrato com seus patrocinadores Royal Bank of Scotland e Philips.