Topo

Fórmula 1

Hispania oficializa contratação de Liuzzi e completa o grid de 2011

Mark Thompson/Getty Images
Aos 29 anos, Vitantonio Liuzzi disputará sua sexta temporada na Fórmula 1 Imagem: Mark Thompson/Getty Images

Do UOL Esporte

Em São Paulo

09/03/2011 10h38

A última vaga que ainda estava a ser preenchida na Fórmula 1 de 2011 pertence ao italiano Vitantonio Liuzzi, anunciado nesta quarta-feira pela Hispania. Ele correrá ao lado do indiano Narain Karthikeyan na equipe espanhola, que ainda nem apresentou o seu novo carro.

NÚMEROS DE LIUZZI NA F-1

  • LUGAR

    Foi a melhor colocação de Liuzzi em seus 63 GPs, obtida em Mônaco-2005, correndo na Red Bull

  • 24

    ABANDONOS

    É o índice de confiabilidade de Liuzzi: não completou 38% das provas que disputou na Fórmula 1

  • 26

    PONTOS

    Somou Liuzzi em cinco anos na Fórmula 1: uma média de 0,41 por corrida, ou 5,2 por temporada

  • 3

    EQUIPES

    Teve o italiano na Fórmula 1: Red Bull, Toro Rosso e Force India

  • 2010

    MELHOR ANO

    O 15º lugar obtido na classificação do ano passado foi o máximo que o italiano conseguiu na categoria

Liuzzi esteve na Force India durante o ano passado, e já havia realizado testes com a Hispania nesta pré-temporada. Ele dirigiu o carro de 2010 da equipe, que apresentará o seu novo modelo na próxima sexta-feira, durante os ensaios de Barcelona.

“Estou realmente feliz. Nunca perdi a esperança de estar na Fórmula 1, pois sei que tenho experiência e os atributos certos para um time jovem e ambicioso. Tenho um novo desafio pela frente agora, e isso me empolga. Também tenho muito trabalho a fazer para o desenvolvimento do carro”, declarou o italiano.

Dispensado da Force India para dar lugar ao novato Paul di Resta, Liuzzi chegou a ser especulado como substituto do acidentado Robert Kubica na Renault, mas perdeu a vaga para Nick Heidfeld.

Na Hispania, além dele, Pedro de La Rosa também vinha sendo cotado para ocupar a vaga que foi de Bruno Senna no ano passado.  Mas o espanhol foi anunciado como terceiro piloto da McLaren nesta quarta.

Como a equipe não conseguiu mais um piloto pagante, Liuzzi chega para trazer experiência: “Ele vai trazer muitos benefícios ao time. Estou convencido de sua habilidade, e ele já mostrou isso no passado, tendo contribuído para desenvolver carros e trazê-los do fundo do grid para a frente”, observou o chefe Colin Kolles.