Topo

Fórmula 1

Vettel larga na pole no Japão; brasileiros vão mal e Senna reclama por levar fechada

Clive Rose/Getty Images
Vettel confirmou domínio da Red Bull e larga na pole position no GP do Japão Imagem: Clive Rose/Getty Images

Do UOL, em São Paulo

06/10/2012 03h02

A Red Bull deu as cartas no treino de classificação para o GP do Japão. Neste sábado, a escuderia comemorou a dobradinha obtida pelo pole position Sebastian Vettel e pelo segundo colocado Mark Webber. O dia, porém, foi ruim para os brasileiros no circuito de Suzuka. Felipe Massa obteve o 11º melhor tempo, mas sai em 10º por uma punição a Nico Hulkenberg. Prejudicado em uma de suas tentativas no Q1, Bruno Senna larga em 16º lugar.

GRID DE LARGADA - GP DO JAPÃO

PILOTOTEMPO
1. S. Vettel (ALE/Red Bull)1min30s839
2. M. Webber (AUS/Red Bull)1min31s090
3. K. Kobayashi (JAP/Sauber)1min31s700
4. R. Grosjean (FRA/Lotus)1min31s898
5. S. Pérez (MEX/Sauber)1min32s022
6. F. Alonso (ESP/Ferrari)1min32s114
7. K. Räikkönen (FIN/Lotus)1min32s208
8. J. Button (ING/McLaren)1min31s290*
9. L. Hamilton (ING/McLaren)1min32s327
10. F. Massa (BRA/Ferrari)1min32s293
16. B. Senna (BRA/Williams)1min33s405

Com a primeira posição no grid, Vettel conquistou algumas marcas importantes. O piloto da Red Bull quebrou uma sequência de quatro poles obtidas pela McLaren. Além disso, ele se isolou na terceira posição no ranking dos pilotos que largaram mais vezes em primeiro. No total, o alemão chegou a 34 poles, superando Alain Prost e Jim Clark, ambos com 33), e está atrás de Michael Schumacher (68) e Ayrton Senna (65).

Bruno Senna foi eliminado logo no Q1 e largará na 17ª posição. O piloto da Williams fez o tempo de 1min33s405 e reclamou de Jean-Éric Vergne, da Toro Rosso, após levar uma fechada e ser atrapalhado em uma de suas tentativas. O brasileiro estava em 17º, mas caiu no fim do treino quando Michael Schumacher conseguiu entrar no grupo que passou para o Q2.Como Schumacher cumpre punição, Senna ganhou uma posição no grid.

O incidente entre Vergne e Senna foi analisado pelos comissários da prova, que decidiram punir o francês com a perda de três posições. Com isto, o piloto da Williams larga em 16º.

Massa foi eliminado no Q2. O brasileiro fazia parte dos classificados com a marca de 1min32s293 para a última parte do treino, mas foi superado no final por Pérez e Grosjean. Na pista, o brasileiro fez o 11º melhor tempo, mas largará em 10º. Ele foi beneficiado pela punição a Nico Hulkenberg, que perdeu cinco posições no grid por trocar o câmbio.

Schumacher também ficou fora do Q3. O alemão, que nesta semana anunciou sua aposentadoria ao fim desta temporada, ficou com o 13º melhor tempo – ele larga em 23º, já que foi punido com a perda de dez posições no grid pela batida em Vergne no GP de Cingapura..

No Q3, Vettel, segundo colocado no Mundial, não deu chances aos adversários. Ele fez a marca de 1min30s839 com cerca de 5min para o fim da sessão e não foi alcançado. Foi sua quarta pole consecutiva no circuito de Suzuka. Ele foi o único piloto a andar abaixo da casa de 1min31. Webber, seu companheiro de equipe, fez 1min31s090.

Para completar as boas notícias para a Red Bull, seus principais concorrentes largarão em posições discretas. Líder do Mundial, Fernando Alonso obteve o sexto melhor tempo (1min32s114). Jenson Button foi o terceiro mais rápido na pista, mas largará em oitavo por ter trocado o câmbio. Lewis Hamilton sai logo atrás de seu companheiro de McLaren.

A largada do GP do Japão será neste domingo às 3h (horário de Brasília), com transmissão ao vivo da TV Globo e acompanhamento do Placar UOL Esporte.