Topo

Fórmula 1

Lotus anuncia espanhola de 26 anos como piloto de testes

Divulgação/Lotus F1
Imagem: Divulgação/Lotus F1

Do UOL, em São Paulo

26/02/2015 10h07Atualizada em 26/02/2015 12h09

A espanhola Carmen Jordá, de 26 anos, foi anunciada nesta quinta-feira como mais nova piloto de testes da Lotus. Natural da região de Valência, ela ficará com a equipe nesta temporada se tornando a segunda mulher a pilotar um F1 em 2015, ao lado da britânica Susie Wolff, piloto de testes da Williams.

Jordá tem 16 anos de carreira, tendo começado no automobilismo no kart aos 10. Desde então, a ela teve passagens pela F3 Espanhola, pela F3 Europeia, competiu na LeMans Series em 2009 e na Indy Lights em 2010. Nas três últimas temporadas ela disputou a GP3.

"É como um sonho que se torna realidade entrar para a Lotus e poder pilotar um F1. Estou dando um grande passo rumo ao meu principal objetivo (ser piloto oficial). Espero melhorar como piloto e ajudar a equipe a desenvolver o carro nos testes e no simulador. Será uma oportunidade fantástica, uma honra e o maior desafio que já tive", declarou a espanhola em comunicado de imprensa.

Embora tenha levado um lugar na principal categoria do automobilismo, mesmo que como piloto de testes, Jordá não tem um currículo muito vencedor. Seu melhor resultado nas três temporadas da GP3 que disputou foi o 13º. O resultado de maior sucesso da espanhola foi um 4º posto na F3 Espanhola, em 2007.

A Lotus terá como titulares em 2015 o francês Romain Grosjean e o venezuelano Pastor Maldonado, sendo Jordá e o britânico Jolyon Palmer os reservas da equipe, que aproveitou os treinos desta quinta-feira em Montmeló para anunciar a novidade.

"Nós estamos felizes por anunciar Carmen Jordá como piloto de testes. Estamos ansiosos por trabalhar com ela durante a temporada no desenvolvimento do carro. Carmen dará à equipe uma nova perspectiva", disse Mattew Carter, presidente da Lotus F1.