Topo

Fórmula 1


'Mostramos que sabemos evoluir o carro', celebra Massa, de olho na Ferrari

AFP
Massa vive seu melhor início de temporada desde que lutou pelo título, em 2008 Imagem: AFP

Julianne Cerasoli

Do UOL, em São Paulo

2015-07-17T06:00:00

17/07/2015 06h00

No GP da Áustria veio o indício. Duas semanas depois, na Inglaterra, a confirmação: as modificações que a Williams fez em seu carro surtiram efeito e a equipe já bate de frente com a Ferrari na briga para saber quem é a segunda força do campeonato.

“Acho que o ritmo que tivemos em Silverstone mostrou que nós sabemos trabalhar, que sabemos evoluir o carro e que estamos no caminho certo para crescer ainda mais e, que sabe, chegar mais forte do que a Ferrari em todas as corridas”, afirmou Felipe Massa. “A gente está na briga ainda, não podemos esquecer disso”, defende o brasileiro, sexto colocado no campeonato.

O engenheiro-chefe de performance da Williams, Rob Smedley, vai na mesma linha. “Está claro que fomos claramente o segundo carro mais rápido do final de semana do GP da Inglaterra e isso é muito positivo. Foi o primeiro final de semana desde o início do campeonato em que fomos mais rápidos que nossos rivais mais próximos, a Ferrari. Tanto na classificação, quando na corrida, enquanto a pista estava seca”, apontou.

A equipe busca a confirmação de seu crescimento em relação à Ferrari na décima etapa do campeonato, o GP da Hungria, dia 26 de julho. Como o traçado do circuito de Budapeste não favorece o carro do time de Grove, uma boa performance frente aos italianos daria bastante confiança para a segunda metade do campeonato.

Após nove etapas disputadas, a Ferrari é a vice-líder do campeonato com 211 pontos, 60 a mais que a Williams, terceira. Ambas estão distantes da quarta colocada, a Red Bull, que soma 63. A líder absoluta é a Mercedes, com 371.