Topo

Fórmula 1

Rejeitado em 2015, reabastecimento durante os GPs pode voltar ano que vem

Mark Thompson/Getty Images
Imagem: Mark Thompson/Getty Images

Do UOL, em São Paulo

15/01/2016 11h39

A Fórmula 1 pode voltar a ter reabastecimento durante as corridas. A ideia chegou a ser estudada ano passado, mas foi rejeitada. Porém, como os dirigentes e engenheiros não conseguem chegar a um consenso sobre as mudanças no regulamento dos carros para 2017, a proposta voltou a ser considerada.

A categoria vive uma fase de buscar alternativas para aumentar o nível de competitividade das corridas e um extenso conjunto de medidas é esperado para o ano que vem.

O reabastecimento durante as corridas foi banido no final de 2009, por questões de segurança. E, de acordo com estudos realizados pelas equipes ano passado, seu retorno teria um efeito negativo nas corridas, uma vez que os dados de 1994 a 2009, quando a prática era liberada, mostram uma queda considerável no número de ultrapassagens. Ainda assim, a ideia voltou a ganhar força nas últimas semanas.

Um dos dirigentes que apoia o retorno do reabastecimento é o presidente da Ferrari, Sergio Marchionne, assim como o promotor Bernie Ecclestone. Entre os pilotos, Felipe Massa é um dos que já declararam concordar com a proposta. Os defensores da ideia lembram que, com os carros mais leves durante as corridas, os pilotos poderiam forçar mais o ritmo.

A ideia para 2017 é que os carros sejam significativamente mais rápidos e que, ao mesmo tempo, o custo e a importância das unidades de potência para a performance diminuam. 

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!