Fórmula 1

Mesmo com carro atrasado, Nasr acredita que Sauber será mais forte em 2016

Srdjan Suki/EFE
Imagem: Srdjan Suki/EFE

Julianne Cerasoli

Do UOL, em São Paulo

20/01/2016 06h00

O ano não começou com uma boa notícia para Felipe Nasr, com a expectativa do atraso do lançamento do carro da Sauber, que ficará pronto apenas para a segunda - e última - bateria de testes da pré-temporada. Mesmo assim, o brasileiro e o companheiro Marcus Ericsson confiam que o time tem condições de fazer uma temporada melhor do que em 2015.

Falando ao UOL Esporte, Nasr explicou que a equipe busca romper com os conceitos dos carros anteriores para resolver um problema crônico de falta de pressão aerodinâmica, o que afeta a estabilidade nas curvas e é crucial para os tempos de volta.

“O conceito do carro de 2016 já vai ser bem diferente do que foi ano passado. O carro de 2015 foi uma combinação do modelo de 2014 e, para este ano, ele vai mudar bastante, principalmente na área da aerodinâmica. Falta muita pressão aerodinâmica para o nosso carro em comparação com nossos principais rivais. São vários os elementos que precisam ser melhorados, mas acho que esse é o principal.”

Ericsson, por sua vez, lembra que a temporada de 2015 já marcou uma boa evolução para a equipe, que não marcou um ponto sequer em 2014 e chegou à frente da poderosa McLaren no ano seguinte.

“Tivemos grandes evoluções durante o ano de 2015 e acredito que temos de melhorar ainda mais. Um ponto positivo é que tanto eu, quanto o Felipe, estivemos muito envolvidos com o desenvolvimento do carro para este ano, já que os dois foram garantidos no time.”

Essa continuidade dos pilotos é citada como um ponto importante, tanto pelo sueco, quanto pelo brasileiro.

“Sabemos onde precisamos melhorar, do lado da pressão aerodinâmica e da aderência mecânica. Além disso, como pilotos, tanto eu quanto o Felipe somos jovens, então espero que ambos possamos melhorar também para 2016. É uma combinação na qual vejo um grande potencial”, disse Ericsson, que fará sua terceira temporada como titular.

“Eu vou ter um conhecimento muito maior”, concordou Nasr, que fez em 2015 seu ano de estreia na categoria. “Inclusive sabendo a melhor maneira de trabalhar com todos dentro da equipe. Com o tempo, tudo tem a tendência a melhorar.”

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Blog do Carsughi
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Redação
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Redação
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Redação
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Redação
Redação
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Topo