Fórmula 1

Crítico da F1 atual, Berger admite que dorme durante GPs: 'Perfeito demais'

Mike Hewitt/Allsport
Imagem: Mike Hewitt/Allsport

Do UOL, em São Paulo

21/01/2016 10h51

Dono de um currículo de 210 GPs, a maioria disputada em um período considerado áureo na história da Fórmula 1, ao lado de pilotos como Ayrton Senna, Alain Prost, Nelson Piquet e Nigel Mansell, o austríaco Gerhard Berger não esconde sua insatisfação com os atuais rumos da categoria. E admite que chega a dormir durante as provas.

“Na verdade, às vezes eu durmo vendo a corrida na TV, porque eu já sei, depois da primeira volta, quem vai vencer”, disse à Auto Motor und Sport. “O esporte está perfeito demais, controlado demais.”

Para Berger, o regulamento tem de mudar para fazer com que os carros sejam mais difíceis de serem pilotados. “Em 1986, pilotávamos um carro de 1.400cv [hoje a potência fica entre 800 e 900cv]. Sem ajudas eletrônicas. Sem uma aerodinâmica perfeita, como se pilotasse um carro em um trilho. Hoje as pistas são perfeitas e os carros poderiam ter mais potência. As corridas parecem uma exibição de patinação com uma tecnologia insanamente complicada.”

O piloto acredita que, “quando um piloto estreante fica a 0s3 do melhor tempo depois de um dia na pista, isso quer dizer que o nível não está alto o bastante. E isso precisa ser mudado. O carro tem de ter mais potência do que aderência.”

Perguntado se o atual período de domínio da Mercedes não seria semelhante ao que ele mesmo viveu ao lado de Ayrton Senna na McLaren, o austríaco citou algumas diferenças que considera importantes: “Pilotávamos no limite. As corridas eram imprevisíveis, porque havia muitas quebras. Ou porque muitas coisas podiam acontecer. Alguém fica sem combustível hoje? O esporte hoje é tão perfeito que um carro dominante afeta mais a questão do entretenimento. Os erros não eram perdoados. Quem estava rápido demais acabava no guard rail. Hoje eles escapam porque há várias áreas de escape.”

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Blog do Carsughi
Redação
Redação
Redação
Blog do Carsughi
Blog do Carsughi
UOL Esporte
Redação
Redação
Redação
Blog do Carsughi
Redação
Redação
Blog do Carsughi
Blog do Carsughi
Blog do Carsughi
Redação
Blog do Carsughi
Redação
Redação
AFP
Redação
Blog do Carsughi
Blog do Carsughi
Blog do Carsughi
Blog do Carsughi
Redação
Blog do Carsughi
Blog do Carsughi
Redação
Redação
Blog do Carsughi
Redação
Redação
Blog do Carsughi
Redação
Blog do Carsughi
Blog do Carsughi
Redação
Blog do Carsughi
Redação
Blog do Carsughi
Redação
Blog do Carsughi
Redação
Blog do Carsughi
Redação
Redação
Redação
Redação
Blog do Carsughi
Topo