Fórmula 1

Sonha em ser um piloto de F-1? Prepare-se para gastar mais de R$ 32 milhões

Mark Thompson/Getty Images
Imagem: Mark Thompson/Getty Images

Julianne Cerasoli

Do UOL, em São Paulo

22/01/2016 06h00

O holandês Max Verstappen chamou a atenção ano passado na Fórmula 1 ao estrear na categoria máxima do automobilismo aos 17 anos, tendo apenas passado pelo kart e feito uma temporada em carros de fórmula. Mas o piloto da Toro Rosso está longe de ser a regra: para dividir o grid com nomes como Lewis Hamilton ou Sebastian Vettel, o investimento é de 8 milhões de dólares, equivalente a mais de 32 milhões de reais. Isso, se o piloto for bastante talentoso, como salienta o chefe de Hamilton, Toto Wolff.

Ao contrário de Verstappen, a grande maioria dos pilotos que chegam à Fórmula 1 passam por diversas categorias - e, a cada degrau, o investimento necessário vai aumentando. A categoria mais importante parece ser a Fórmula 3, pela qual 79,4% dos pilotos do atual grid passaram. Na Fórmula Renault 3.5, 58,3% marcaram presença, enquanto 48.5% dos pilotos estiveram na GP2. Antes disso, a maioria esteve em categorias menores mantidas por montadoras como a própria Renault ou a BMW.

Isso significa que uma carreira padrão para um aspirante à Fórmula 1 normalmente segue um determinado caminho: do kart para a F-Renault ou F-BMW, passando por algum campeonato da F-3 e depois pela Fórmula Renault 3.5 ou GP2. E isso custa muito dinheiro.

“Se alguém for talentoso, muito talentoso, provavelmente precisa gastar 1 milhão de dólares durante a carreira de kart”, contabiliza Wolff. “Você vai precisar pelo menos de uma temporada na F-4 ou Renault, o que dá mais uns 350 mil dólares se você fizer direito.”

Depois, o austríaco recomenda a ida à F-3. “Você vai precisar de mais 650 mil dólares para uma temporada lá, então chegamos a 2 milhões. É provável que fique dois anos lá, então chegamos a 2.6 ou 2.7 milhões. Se for um talento extraordinário e for direto daí para a Fórmula 1, digamos que precisa de 3 milhões de dólares.”

Mas, como a porcentagem do atual grid mostra, isso é raro e a jornada teria de continuar até as categorias diretas de transição para a F-1, nas quais a ‘brincadeira’ fica mais cara. “Provavelmente uma temporada na GP2 custa 1.5 milhão. Então, para fazer os cálculos com segurança, vamos dizer que você gastou 5 milhões, fez apenas um ano de GP2, está perto da F-1, mas ainda não está lá”, diz Wolff. “Você vai precisar de mais 2 ou 3 milhões de dólares para conseguir a vaga. Então estamos falando de 7 a 8 milhões - então vamos dizer que vai gastar 8.”

Os cálculos de Wolff, contudo, não levam em consideração os ‘leilões’ que equipes menores costumam fazer por suas vagas, o que pode aumentar consideravelmente o custo. As quantias não são oficialmente divulgadas, mas fala-se em pelo menos 10 milhões de dólares por uma temporada.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Blog do Carsughi
Redação
Redação
Grande Prêmio
Redação
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Blog do Carsughi
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Redação
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Redação
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Topo