Topo

Fórmula 1

Fórmula 1 corre contra o tempo para chegar a consenso sobre regras de 2017

AP Photo/Moises Castillo
Imagem: AP Photo/Moises Castillo

Do UOL, em São Paulo

01/02/2016 06h00

Após não terem chegado a um consenso na reunião da última sexta-feira sobre as mudanças no regulamento da Fórmula 1 para a temporada de 2017, os diretores técnicos das equipes e a Federação Internacional de Automobilismo correm contra o tempo para decidir o que mudará para a próxima temporada.
De acordo com as regras da categoria, é necessário que haja uma definição até dia 1º de março. Caso isso não ocorra, qualquer mudança só sairá do papel por unanimidade, algo raro de acontecer na F-1.

São vários os pontos que estão sendo discutidos. Em 2015, o Grupo de Estratégia chegou à conclusão de que os carros teriam de ser mais rápidos, voltando aos níveis de 10 anos atrás. Porém, ainda não se sabe como isso será feito. Parte do ganho de velocidade viria dos pneus, que seriam mais duráveis, e o restante do aumento da pressão aerodinâmica. Porém, existe o temor de que ambos os caminhos prejudiquem as ultrapassagens.

Outro assunto tratado na reunião foi a adoção de uma proteção para a cabeça dos pilotos, denominado halo e proposto pela FIA para ser instalado já em 2017. A ideia, contudo, sofreu resistência dos engenheiros.

Um teto orçamentário de 12 milhões de euros anuais para o fornecimento de motores também está sendo estudado. O preço atual gira em torno dos 20 a 25 milhões. Restrições do número de caixas de câmbio que podem ser usadas por temporada e o peso mínimo dos carros também estão sendo discutidas.

Novas reuniões estão previstas para acontecer na última semana de fevereiro, justamente quando começam os testes de pré-temporada e a maioria dos carros será lançada. As atividades de pista terão início dia 22 de fevereiro, em Barcelona, na Espanha.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!