Fórmula 1

Agora na Williams, 'Hamilton da Ferrari' vê chance para correr em 2017

Giorgio Benvenuti/Ferrari/EFE
Em 2010, Lance Stroll foi contratado pela Ferrari; agora, já admite correr na Williams Imagem: Giorgio Benvenuti/Ferrari/EFE

Do UOL, em São Paulo

08/02/2016 09h42

O canadense Lance Stroll surpreendeu a Fórmula 1 em novembro. Contratado pela Ferrari em 2010, aos 11 anos, fez parte do programa de desenvolvimento de pilotos da equipe por cinco anos. No entanto, no fim de 2015, deixou o time italiano e assinou com a Williams.

Hoje, aos 17 anos, Stroll ocupa a vaga de piloto de testes do time britânico e garante que não está arrependido. Segundo ele, eram pequenas as chances de conseguir uma vaga a curto prazo para correr na Ferrari, que costuma emprestar jovens pilotos a equipes parceiras – caso da Sauber, por exemplo.

“A Williams tem um grande histórico de apostar em jovens pilotos. Eles deram chances a muitos novados na Fórmula 1. Isso é importante para nós, porque a Ferrari tem um olhar diferente; eles tendem a dar chance a pilotos mais veteranos, para brigar pelo campeonato”, disse Stroll, em entrevista ao site Motorsport.

Na Ferrari, Stroll era cotado para ser um novo Lewis Hamilton – um piloto apadrinhado pela equipe desde a infância para ser trabalhado como um futuro campeão. No entanto, segundo o canadense, a escuderia italiana ficava devendo no trabalho junto a mecânicos e pilotos titulares.

“Eu estava no programa da Ferrari, que era mais básico – um programa de treinamento, muito trabalho físico e psicológico. A Williams faz isso também, mas, ao mesmo tempo, eu tenho muito mais tempo próximo da equipe de Fórmula 1 – mais tempo de simulador, mais envolvimento com os engenheiros nos finais de semana de corrida”, disse.

“Eu me sinto muito mais próximo (da Fórmula 1) agora com a Williams, e estou trabalhando com ele ao invés de apenas fazer parte de um treinamento com a Ferrari. Para o futuro, é o movimento certo”, completou.

Apesar do tom crítico, Stroll elogiou a Ferrari e admitiu que a decisão de deixar “o maior time do automobilismo” não foi fácil. Entretanto, afirmou estar empolgado na nova equipe, e disse esperar uma chance de titular em 2017 – tanto Felipe Massa quanto Valtteri Bottas têm contratos apenas até o final de 2016.

“Tudo depende de como será este ano. Seria ótimo correr na Fórmula 1 – não vou mentir, é o que todo jovem piloto quer. Se a oportunidade chegar, seria fantástico”, afirmou, adotando um discurso político. “Mas meu foco ainda não está em 2017. Estou focado na Fórmula 3 (europeia) e tentando vencer o campeonato, fazendo meu trabalho da melhor maneira possível”, completou.

Campeão da Fórmula 4 italiana em 2014, Lance Stroll é um nome bastante cotado para chegar à Fórmula 1. O canadense é filho de Lawrence Stroll, magnata da moda e um dos responsáveis pelo sucesso da grife Tommy Hilfiger. O pai do piloto é dono do Circuito de Mont-Tremblant (palco do GP do Canadá em 1968 e em 1970) e já esteve cotado para comprar de Bernie Ecclestone parte das ações da F1.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

AFP
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Blog do Carsughi
Redação
Redação
Grande Prêmio
Redação
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Blog do Carsughi
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Redação
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Topo