Fórmula 1

Novato na Fórmula 1, chefe da equipe Renault já comandou Hamilton e Vettel

Divulgação/ART Grand Prix
Imagem: Divulgação/ART Grand Prix

Julianne Cerasoli

Do UOL, em São Paulo

08/02/2016 06h00

O nome de Frederic Vasseur, novo chefe da Renault, él desconhecido para a grande maioria dos fãs de Fórmula 1. Afinal, o francês nunca teve qualquer envolvimento com a categoria. Porém, o dirigente conhece muito bem grande parte dos pilotos do grid, inclusive Lewis Hamilton e Sebastian Vettel.

“É correto que este é meu primeiro papel na F-1”, disse Vasseur. “Mas passei por um grande aprendizado nas categorias menores e tenho muita vontade de traduzir tudo o que eu aprendi em todos estes anos no desafio que é a F-1. É uma nova experiência para mim, mas corridas são corridas e o objetivo é sempre o mesmo.”

E de corridas - especialmente, de vencê-las - Vasseur entende bem. A relação do francês com a Renault remonta ao final da década de 1990, quando ele formou a equipe de F-3 ASM, que usava os propulsores da marca. Não demorou para o time ter sucesso, conquistando títulos tanto no campeonato francês tanto quando a categoria se uniu com a F-3 Alemã.

Subindo para a F-3 Europeia, Vasseur foi o chefe de Lewis Hamilton quando o inglês, em 2005, protagonizou um dos campeonatos mais dominantes da história da categoria, ao lado do companheiro Adrian Sutil, que também chegaria à Fórmula 1. No ano seguinte, seria a vez de Paul Di Resta e Sebastian Vettel defenderem a ASM - com o título ficando com o escocês. Em 2007, foi a vez de Romain Grosjean manter a ASM no topo. Em 2008, Nico Hulkenberg foi o campeão e, no ano seguinte, foi a vez de Jules Bianchi manter a hegemonia do time de Vasseur.

Nesta época, a ASM tinha se associado com a ART, de Nicolas Todt, filho do presidente da FIA Jean Todt e empresário de vários pilotos da F-1. Sob o nome de ART Grand Prix, o time foi campeão da GP2 em 2005 com Nico Rosberg, em 2006 com Lewis Hamilton e com Hulkenberg em 2009. Na GP3, a equipe triunfou com Esteban Gutierrez em 2010 e Valtteri Bottas em 2011, todos nomes que chegaram à F-1.

Mais recentemente, Vasseur comandou seu time no título de Stoffel Vandoorne na GP2 e de Esteban Ocon na GP2. O belga é atualmente reserva na McLaren, enquanto o francês foi confirmado semana passada no mesmo papel na Renault.

A chegada do francês na Fórmula 1 poderia ter acontecido antes, caso dificuldades financeiras não tivessem acabado com o projeto de fundar uma equipe em 2010. No entanto, de lá para cá, o dirigente apenas estreitou suas relações com a Renault, construindo o chassis usado na F-E.

Agora na F-1, Vasseur tem a missão de pegar um time em frangalhos após o pouco investimento dos últimos anos, nos quais passou por dificuldades financeiras nas mãos da Genii Capital, e transformá-lo em uma força do calibre de Mercedes e Ferrari. “Conhecemos o mapa [para o sucesso] e temos de obter resultados nas próximas três ou quatro temporadas. Mas primeiro temos de melhorar a organização da equipe e nos certificar de que nosso motor funcionará bem”, lista. “Há muito o que fazer.”

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Blog do Carsughi
Redação
Redação
Grande Prêmio
Redação
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Blog do Carsughi
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Redação
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Redação
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Topo