Fórmula 1

Ferrari lança carro novo e espera ser grande ameaça ao domínio da Mercedes

Reprodução
Carro de 2016 terá pintura branca na cobertura do motor, conforme especulado Imagem: Reprodução

Do UOL, em São Paulo

19/02/2016 11h08

A Ferrari apresentou nesta sexta-feira o carro com que pretende, pelo menos, ameaçar o domínio da bicampeã Mercedes. Mas o time italiano não esconde a ambição de disputar o título com os alemães. A equipe manteve a dupla de pilotos, formada por Sebastian Vettel e Kimi Raikkonen. Porém, o carro terá mais detalhes em branco, na asa dianteira e perto do cockpit, voltando ao visual adotado nos anos 1970.

O novo modelo, chamado SF16-H, agradou o tetracampeão. "É um carro bonito. Deve ser uma evolução considerável. Nossas metas estão mudando. O ano passado foi bom, mas queremos mais: fomos vice-campeões ano passado e agora queremos algo melhor que isso."

O discurso otimista também foi adotado pelo chefe Maurizio Arrivabene. “Nossa meta do ano passado eram três vitórias e conseguimos. Neste ano, precisamos forçar um pouco mais, então [a meta] será o título - pelo menos nós gostaríamos de lutar até o final. Não será fácil, nossos rivais não estão dormindo, mas estamos comprometidos em dar nosso melhor.”

Depois de ter renascido em 2015 após uma série de mudanças na temporada anterior - que foram desde o departamento de motores até a partida de Fernando Alonso para a chegada de Sebastian Vettel e a troca de comando, com Arrivabene assumindo um posto que trocou de mãos duas vezes em menos de um ano - a Ferrari tem como meta, pelo menos, se consolidar como a grande rival da Mercedes, que levou os últimos dois títulos com facilidade.

Para isso, o novo carro apresente mudanças significativas: a primeira, visível, na parte dianteira, com uma nova geometria de suspensão e um bico mais curto, acompanhando a tendência do restante do grid; e a segunda, menos perceptível, deve ser na realocação das partes do motor, visando ter um conjunto tão forte quanto o da Mercedes. Tal mudança na unidade de potência permitiu a adoção de laterais mais enxutas, assim como uma parte traseira mais delgada, outra tendência dos demais carros, especialmente McLaren e Williams.

Entre os rivais, há certo ceticismo quanto à possibilidade da Ferrari tirar uma diferença que, mesmo com o crescimento dos italianos, foi grande ano passado: enquanto os ferraristas venceram três provas, Hamilton e Rosberg dividiram as outras 16. “As regras são extremamente estáveis para este ano”, lembrou o chefe da Red Bull, Christian Horner. “Então obviamente a Mercedes vai continuar dominando, tamanha é sua margem.”

O discurso dos ferraristas, contudo, é otimista. “Acredito 100% que eles podem ser batidos, especialmente se conseguirmos colocá-los sob pressão”, declarou Vettel. “Se fizermos tudo o que queremos, temos uma chance realista desta temporada ser um clássico - com a Ferrari mais forte”, crê o diretor técnico, James Allison.

Allison, que chegou em meados de 2013, reconheceu que o time não tinha condições de ser campeão há três anos, mas acredita que isso mudou. “É justo dizer que, em 2013, a Ferrari não estava no nível certo. Não tínhamos potência suficiente em 2014, nem pressão aerodinâmica. Nosso pacote deixava muito a desejar. Trabalhamos muito duro em todas as áreas [deficitárias]. Ano passado demos um passo considerável e esperamos que, neste ano, possamos evoluir mais. Estamos muito orgulhosos do que fizemos e mal podemos esperar para ver esse carro na pista.”

A grande aposta ferrarista é na maior integração entre o próprio Allison, que assumiu o cargo atual em 2014, Vettel e Arrivabene, além de mais evoluções no motor, área que mais cresceu de 2014 para 2015. Mas as respostas só começarão a ser dadas a partir do dia 22 de fevereiro, no início dos testes de pré-temporada.

Confira mais imagens da nova Ferrari:

Divulgação
Imagem: Divulgação
Divulgação
Imagem: Divulgação

Divulgação
Imagem: Divulgação

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Blog do Carsughi
Blog do Carsughi
UOL Esporte
Redação
Redação
Redação
Blog do Carsughi
Redação
Redação
Blog do Carsughi
Blog do Carsughi
Blog do Carsughi
Redação
Blog do Carsughi
Redação
Redação
AFP
Redação
Blog do Carsughi
Blog do Carsughi
Blog do Carsughi
Blog do Carsughi
Redação
Blog do Carsughi
Blog do Carsughi
Redação
Redação
Blog do Carsughi
Redação
Redação
Blog do Carsughi
Redação
Blog do Carsughi
Blog do Carsughi
Redação
Blog do Carsughi
Redação
Blog do Carsughi
Redação
Blog do Carsughi
Redação
Blog do Carsughi
Redação
Redação
Redação
Redação
Blog do Carsughi
Da Redação
UOL Carros
Blog do Carsughi
Blog do Carsughi
Topo