Fórmula 1

Caçula da F-1, Haas surpreende em primeiro teste e já preocupa rivais

Sergio Perez/Reuters
Imagem: Sergio Perez/Reuters

Do UOL, em São Paulo

26/02/2016 07h06

Os primeiros resultados da equipe caçula da Fórmula 1, a Haas, ligaram o sinal de alerta nas rivais nos testes de pré-temporada realizados nesta semana em Barcelona, na Espanha. O time norte-americano chegou a fechar um dos dias de atividade no Circuito da Catalunha na segunda colocação e conseguiu acumular excelente quilometragem, mesmo se tratando de um projeto completamente novo.

O time de Romain Grosjean e Esteban Gutierrez completou mais de 1300km nos testes, mais do que McLaren e Manor. O mexicano fechou os quatro dias de atividade com o 12º melhor tempo entre os 23 pilotos participantes e seu companheiro foi o 15º mais rápido. Com isso, o time conseguiu marcas melhores até que pilotos da Williams, Sauber, McLaren e Toro Rosso.

Dentre estes times, Toro Rosso e Sauber - time do brasileiro Felipe Nasr - são os que demonstram mais preocupação com os novatos, pois são os times que usam os motores Ferrari. A chefe do brasileiro, Monisha Kaltenborn, já avisou antes mesmo da pré-temporada que espera rivalizar com a Haas, enquanto Franz Tost, comandante da Toro Rosso, se mostrou preocupado com os primeiros resultados do time norte-americano.

“Nossas concorrentes são Force India, McLaren, Sauber e também Haas - especialmente no início da temporada”, disse o austríaco, que comanda a equipe de Max Verstappen e Carlos Sainz e, diferentemente de Haas e Sauber, contará com uma unidade de potência desatualizada.

“Não diria que temos um motor de segunda mão para a primeira metade da temporada, porque não espero uma diferença tão grande no primeiro semestre. A segunda metade da temporada é outra história, porque o novo motor será desenvolvido pela Ferrari e eu não sei se este novo motor trará muita vantagem”, avaliou Tost.

A esperança do dirigente é que a Toro Rosso consiga neutralizar a ameaça da Haas com seu projeto aerodinâmico superior.

“Os dados aerodinâmicos mostram que demos um passo adiante, então cabe a nós manter a curva de desenvolvimento alta. Isso se tornará uma questão de quantos recursos teremos ao longo da temporada e quantos recursos os nossos concorrentes diretos terão.”

O novo projeto da Haas não tem precedentes na Fórmula 1 devido à proximidade do time com a Ferrari. Até mesmo o carro foi desenvolvido no túnel de vento da Scuderia, o que causou polêmica no final do ano passado.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
UOL Esporte
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Grande Prêmio
Blog do Carsughi
Grande Prêmio
Esporte Ponto Final
UOL Esporte
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Redação
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Blog do Carsughi
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Topo