Topo

Fórmula 1

Sauber revela as primeiras imagens do carro de Nasr para a temporada 2016

Divulgação
Imagem: Divulgação

Do UOL, em São Paulo

29/02/2016 08h06

A Sauber revelou as primeiras fotos do carro com que Felipe Nasr fará sua segunda temporada na Fórmula 1. A equipe será a única a promover a estreia de seu novo modelo, que vai à pista pela primeira vez nesta terça-feira, no início da segunda bateria de testes da pré-temporada.

O carro não apresenta grandes mudanças aparentes em relação ao seu antecessor, mas a Sauber divulgou que adotou uma filosofia diferente do ponto de vista aerodinâmico, adaptando-se a mudanças na arquitetura da unidade de potência fornecida pela Ferrari, assim como gerando a diminuição do peso do carro.

Divulgação
Imagem: Divulgação
Nasr destacou as novidades do novo carro e se mostrou animado com a evolução do time, mas evitou fazer previsões.

“É difícil para mim prever como as posições atrás das maiores equipes vão ficar nesta temporada - e onde estaramos no meio do pelotão. Vamos levar à pista algumas inovações, mas o mesmo vai acontecer com nossos rivais e a eficiência [das novidades] ainda precisa ser testada. É quase impossível falar em previsões neste momento. Toda a equipe está trabalhando muito duro para explorar áreas do carro que ainda podemos melhorar. É por isso que estou confiante que tenhamos progredido. A temporada vai mostrar o que podemos conseguir com isso em termos de posições.”

A chefe da equipe, Monisha Kaltenborn, também evitou fazer previsões, mas disse que o objetivo do time é “melhorar claramente”, em relação ao ano passado. Em 2015, a Sauber vivia reflexos de uma temporada de muitas dificuldades financeiras no ano anterior, em que o time não conquistou um ponto sequer. Com os 36 pontos conquistados, a equipe fechou o ano em oitavo lugar, à frente de McLaren e Manor.

Nasr começou seu ano de estreia com um inesperado quinto lugar no GP da Austrália e pontuou em outras cinco provas, fechando o campeonato de estreia na 13ª colocação no campeonato. O brasileiro conquistou 18 pontos a mais que o companheiro Marcus Ericsson, que fazia seu segundo ano na F-1.

O sueco, que também permanece no time, elogiou o trabalho em conjunto com o brasileiro. “Nossas discussões sobre o carro, o acerto ou evoluções no equipamento são feitas em um nível muito profissional. Ambos entendemos que trabalharmos juntos é muito importante, não apenas para a equipe, mas também individualmente. Isso funcionou muito bem em 2015 e não vejo motivos para mudar em 2016.”

Depois dos quatro dias de testes desta semana, a F-1 só volta às pistas para a abertura da temporada, dia 20 de março, na Austrália.

Divulgação
Imagem: Divulgação

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!