Topo

Fórmula 1

Raikkonen lidera com a Ferrari, mas Massa mostra força da Williams em teste

Siu Wu/AP
Esperado duelo entre Ferrari e Mercedes ainda não aconteceu nesta pré-temporada Imagem: Siu Wu/AP

Do UOL, em São Paulo

03/03/2016 13h54

Com o tempo obtido na parte da manhã, com os novos pneus ultramacios, Kimi Raikkonen fechou o penúltimo dia de testes da pré-temporada da Fórmula 1, realizados em Barcelona, na Espanha, na ponta com a Ferrari. O finlandês superou o segundo colocado, o brasileiro Felipe Massa, em pouco mais de quatro décimos, mas o piloto da Williams usou os pneus macios em sua volta mais rápida.

Raikkonen acabou sendo o destaque do dia não apenas pela liderança: em sua primeira ida à pista, o finlandês se tornou o primeiro piloto a experimentar a proteção no cockpit proposta pela FIA para a temporada de 2017 e deu um retorno positivo, dizendo que a proteção não compromete muito a visibilidade do piloto.

O esperado duelo com a Mercedes, contudo, ainda não aconteceu: tanto Lewis Hamilton, que andou no período da tarde, quanto Nico Rosberg, que testou pela manhã, ainda não usaram os pneus ultramacios na pré-temporada, o que deve acontecer nesta sexta. Quando eles usaram os macios, foram cerca de sete décimos mais rápidos que o melhor tempo obtido pela Ferrari com o mesmo composto. Nesta quinta-feira, se limitaram a correr com os médios. Rosberg foi o quinto e Hamilton, o 11º.

Também mantendo as marcas obtidas com os ultramacios na parte da Nico Hulkenberg, da Force India, e Max Verstappen, da Toro Rosso, ficaram com a terceira e quarta colocações, respectivamente..

Em seu último dia de testes antes do início da temporada, que terá seu primeiro GP dia 20 de março, na Austrália, Felipe Nasr foi o sexto colocado, tendo obtido sua melhor marca com pneus macios. Nesta sexta-feira, o brasileiro entregará o carro ao companheiro Marcus Ericsson, que fechará os testes para a Sauber.

Outro que usou o ultramacio para testar a máxima velocidade do carro foi Pascal Werhlein, da Manor, que ficou com o oitavo lugar.

Depois de ter sofrido por dois dias seguidos com problemas relacionados à unidade de potência da Ferrari, a nova equipe Haas conseguiu retomar seu programa, mas Romain Grosjean, que chegou a bater perto do horário do almoço em Barcelona, fechou o teste na última colocação.

Proteção no cockpit

Getty Images
Imagem: Getty Images
Na manhã desta quinta-feira em Barcelona, Raikkonen foi o primeiro piloto a experimentar o halo, proteção para a cabeça dos pilotos que deverá ser introduzida na Fórmula 1 em 2017.

A estrutura é a preferida da Federação Internacional de Automobilismo, ainda que sua adoção ainda não esteja confirmada.

A intenção é impedir que objetos grandes, como rodas, colidam com a cabeça dos pilotos em caso de acidente. O conceito está sendo considerado melhor do que o cockpit completamente fechado também por questões de segurança, pois a remoção de pilotos em caso de acidente seria mais fácil.

Raikkonen utilizou o halo apenas por uma volta no começo do dia. Depois, a Ferrari retirou o equipamento e seguiu normalmente com o teste.

A grande preocupação das equipes em relação à proteção é o peso. Originalmente, a peça, feita de fibra de carbono, pesava 10kg, mas a versão testada nesta quinta-feira não passaria dos 6kg.

A decisão final sobre a adoção do halo deve sair apenas no final de abril.

Confira os tempos (03/03 - consolidado do dia):
1. Kimi Raikkonen (FIN/Ferrari-Ferrari) 1m 22.765s
2. Felipe Massa (BRA/Williams-Mercedes) 1m 23.193s
3. Nico Hulkenberg (ALE/Force India-Mercedes) 1m 23.251s
4. Max Verstappen (HOL/Toro Rosso-Ferrari) 1m 23.382s
5. Nico Rosberg (ALE/Mercedes-Mercedes) 1m 24.126s
6. Felipe Nasr (BRASauber-Ferrari) 1m 24.760s
7. Fernando Alonso (ESP/McLaren-Honda) 1m 24.870s
8. Pascal Wehrlein (ALE/MRT-Mercedes) 1m 24.913s
9. Daniil Kvyat (RUS/Red Bull-TAG-Heuer) 1m 25.141s
10. Jolyon Palmer (GBR/Renault-Renault) 1m 26.224s
11. Lewis Hamilton (GBR/Mercedes-Mercedes) 1m 26.468s
12. Romain Grosjean (FRA/Haas-Ferrari) 1m 27.196s

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!