Topo

Fórmula 1

Nico Rosberg cobra que pilotos sejam ouvidos sobre mudanças na Fórmula 1

Lars Baron/Getty Images
Imagem: Lars Baron/Getty Images

Do UOL, em São Paulo

07/03/2016 05h53

As últimas decisões dos dirigentes da Fórmula 1 têm sido marcadas por fortes críticas por parte dos pilotos: a mudança no sistema de definição do grid de largada, que deve estrear no GP da Austrália, dia 20 de março, e a proteção extra no cockpit, denominada halo, proposta para 2017, não foram bem recebidas por muitos nomes no grid. Porém, para Nico Rosberg, há uma solução simples para isso: a consulta dos pilotos por parte da Federação Internacional de Automobilismo antes das mudanças.

“Seria bom se nós pilotos pudéssemos estar mais integrados[no processo decisório] no futuro”, apontou Rosberg. “Eles já fizeram isso porque sentamos com o Charlie Whiting [diretor de provas da categoria] na semana passada, e todos os pilotos foram convidados a dar suas opiniões, inclusive sobre a classificação. Então as coisas estão caminhando na direção correta.”

Atualmente, a grande maioria das decisões primeiramente passa pelo chamado Grupo de Estratégia, formado pela FIA, a dona dos direitos comerciais da F-1 (FOM, liderada por Bernie Ecclestone), e as cinco equipe melhor colocadas no campeonato anterior. Só depois as resoluções são levadas ao restante das equipes. Em nenhum momento, contudo, os pilotos têm algum direito de voto.

“Faz sentido [uma maior participação]. Somos 22 caras e também sabemos o que é melhor para o esporte e temos ótimas opiniões e ideias”, defendeu Rosberg. “O que é importante é que esses 22 caras saiam do carro, sorriam e estejam animados. Isso seria ótimo para o esporte como um tudo. Então é importante darmos nossa opinião e que essa opinião seja ouvida no futuro.”

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!