Fórmula 1

Hamilton revela preocupação com banimento de ajudas dos engenheiros em 2016

José Jordan/AFP Photo
Imagem: José Jordan/AFP Photo

Do UOL, em São Paulo

14/03/2016 08h16

Campeão das duas últimas temporadas e a bordo do carro que promete continuar na frente na Fórmula 1 após demonstrar força nos testes de pré-temporada, Lewis Hamilton não esconde suas preocupações com o início do campeonato deste ano. Afinal, as novas regras farão com que os pilotos recebam significativamente menos ajuda dos engenheiros nas comunicações via rádio.

A tentativa da Federação Internacional de Automobilismo é assegurar que a regra que já existia - dando conta de que os pilotos não podem contar com ajudas externas - seja comprida com mais vigor. Assim, detalhou as informações que não podem ser dadas pelos engenheiros, vinculadas ao consumo de combustível e pneu, estratégias, e diferentes configurações de motores. A partir de agora, só poderão ser passadas informações de segurança.

Hamilton espera que, principalmente no início da temporada, os pilotos tenham dificuldades. “É um processo. Passamos muito tempo nas fábricas tentando entender o que esse banimento significaria em termos do que eles não podem falar para nós. É uma grande mudança e acho que tornará [nosso trabalho] bem mais difícil”, reconheceu.

“Temos de memorizar muitas coisas, pois são vários processos diferentes e sequências que temos de fazer no carro. Precisamos descobrir o que fazer para conseguir lembrar de tudo. Então às vezes vocês verão adesivos nos carros ou no volante porque literalmente é muita coisa. E não é nada para beneficiar a performance e coisas do tipo, mas só para fazer o carro funcionar. É tudo muito técnico”, explicou o tricampeão.

“Então é por isso que digo que alguns de nós não concordam porque são coisas irrelevantes para a performance e para os espectadores. Acho que a ideia é provavelmente algo positivo e vamos ver isso se desenvolver ao longo das corridas. Todos teremos dificuldades provavelmente mas tentamos nos preparar da melhor forma possível.”

Os carros voltam à pista com o primeiro treino livre para a etapa de abertura da temporada, o GP da Austrália, na quinta-feira, às 22h30, pelo horário de Brasília. O segundo treino livre será na madrugada da sexta-feira, a partir das 2h30. O terceiro treino livre será à meia-noite de sábado e a classificação, às 3h. A largada está marcada para as 2h do domingo.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Redação
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Redação
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Redação
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Redação
Redação
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Blog do Carsughi
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Topo