Fórmula 1

Grosjean comemora 'vitória' após sexto lugar com a novata Haas na Austrália

Do UOL, em São Paulo

20/03/2016 04h34

A nova equipe Haas fez história com Romain Grosjean ao conquistar o sexto lugar do GP da Austrália logo em sua corrida de estreia na Fórmula 1. Com isso, o time norte-americano se tornou o primeiro totalmente estreante a pontuar desde a Toyota em 2002.

Na ocasião, os japoneses, cujo orçamento era infinitamente superior, conquistou também o sexto lugar no GP da Austrália, com Mika Salo. Em 2009, a Brawn venceu com Jenson Button sua primeira prova. Porém, o time havia sido construído com a base da Honda.

“Esta é uma vitória para nós”, disse Grosjean logo depois de cruzar a linha de chegada, mesmo sem saber exatamente em que posição estava. Depois de ser avisado do sexto lugar, o francês vibrou muito. “Minha nossa! Bem-vindo à Fórmula 1, Gene [referindo-se ao dono do time, Gene Haas]. Este é o dia. Isso é histórico, pessoal!”

Grosjean largou em 19º e foi um dos que acertaram a estratégia após a paralisação da prova justamente por uma batida entre seu companheiro, Esteban Gutierrez, e Fernando Alonso. "A sensação é a mesma de estar no lugar mais alto do pódio. Desde o primeiro dia eu disse a esses caras que eles tinham um grande potencial. Há várias áreas para melhorar no carro, mas o resultado é um grande incentivo para todos."

A Haas é a primeira equipe a estrear do zero na Fórmula 1 desde 2010. E, logo em sua primeira prova, conquistou um resultado melhor do que as três novatas daquela temporada - Hispania, Lotus (que depois virou Caterham) e Virgin (hoje Manor) - conseguiram até hoje. Das três, apenas a Manor pontuou, uma única vez, com o nono lugar de Jules Bianchi no GP de Mônaco de 2014.

Classificação final do GP da Austrália: 
 
1) Nico Rosberg (ALE/Mercedes)
2) Lewis Hamilton (ING/Mercedes) - +8s
3) Sebastian Vettel  (ALE/Ferrari) - + 9,6s
4) Daniel Ricciardo (AUS/Red Bull) - + 24s
5) Felipe Massa (BRA/Williams) - + 58,9s
6) Romain Grosjean (FRA/Haas) - + 72s 
7) Nico Hulkenberg (ALE/Force India) - + 74s 
8) Valtteri Bottas (FIN/Williams) - +75,1s
9) Carlos Sainz (ESP/Toro Rosso) - + 75,6s
10) Max Verstappen (HOL/Toro Rosso) - +76,8s
11) Jolyon Palmer (ING/Renault) - + 83,3s
12) Kevin Magnussen (DIN/Renault) - + 85,6s
13) Sergio Perez (MEX/Force India) - + 91,6s
14) Jenson Button (ING/McLaren) - + 1 volta
15) Felipe Nasr (BRA/Sauber) - + 1 volta
16) Pascal Wehrlein (ALE/Manor) - + 1 volta
 
Não completaram a prova:
 
Marcus Ericsson (SUE/Sauber)
Kimi Raikkonen (FIN/Ferrari)
Rio Haryanto (ID/Manor)
Esteban Gutierrez (MEX/Haas)
Fernando Alonso (ESP/McLaren)
Daniil Kvyat (RUS/Red Bull) 
 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Redação
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Redação
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Redação
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Redação
Redação
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Blog do Carsughi
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Topo