Fórmula 1

Ferrari tem um problema no motor. E a solução só deve chegar em maio

Do UOL, em São Paulo

02/04/2016 06h00

A Ferrari identificou um problema que está custando alguns cavalos na velocidade de reta de seu motor, que passou por uma grande reformulação para esta temporada, na tentativa de alcançar os Mercedes. Mas a solução só deve chegar na quinta etapa do campeonato, em maio, na Espanha.

O problema compromete a segunda metade da reta e é originado no turbo, segundo a publicação alemã Auto Motor und Sport. O turbo não estaria acompanhando o crescimento de demanda do novo motor, prejudicando o uso de energia por parte do MGU-H (sistema que recupera energia calorífica do turbo e a transforma em elétrica). Assim, todo o sistema começa a se recarregar durante a reta, o que custa alguns cavalos para o motor.

A equipe já tentou solucionar a questão trocando a unidade de controle eletrônico para a segunda etapa da temporada, que está sendo disputada neste final de semana, no Bahrein, porém será necessário alterar o projeto do turbo. Como fabricar um novo turbo demora cerca de 12 semanas, Sebastian Vettel e Kimi Raikkonen terão de esperar até o GP da Espanha para terem um motor mais potente.

Além da falta de cavalagem, o fato do turbo estar trabalhando em uma intensidade muito alta aumenta a chance de quebras, como a ocorrida com Raikkonen na primeira etapa do campeonato, na Austrália. A equipe já vinha tendo problemas nesta área desde os testes de pré-temporada, mas acreditava que tudo seria resolvido com um novo software, o que explica a troca da unidade de controle eletrônico.

Tendo observado que o novo carro é rápido nas curvas e conserva bem seus pneus, a Ferrari acredita que pode conseguir até meio segundo por volta caso o problema do turbo seja resolvido. Nesse caso, a equipe praticamente encostaria nas Mercedes na maioria das pistas.

Nos primeiros treinos livres para o GP do Bahrein, contudo, a Ferrari ficou bem mais atrás da Mercedes do que o normal, fechando a sexta-feira a 1s6 dos líderes. Vettel, no entanto, disse que o carro ainda poderia melhorar bastante para o restante do final de semana. Os carros ainda voltam à pista para mais um treino livre, no sábado, a partir das 9h pelo horário de Brasília, antes da definição do grid, ao meio-dia. A largada também será ao meio-dia, do domingo.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
AFP
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Blog do Carsughi
Redação
Redação
Grande Prêmio
Redação
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Blog do Carsughi
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Redação
Topo