Topo

Fórmula 1

Liberado para correr, Alonso reconhece que costela fraturada ainda dói

Dan Istitene/Getty Images
Imagem: Dan Istitene/Getty Images

Do UOL, em São Paulo

15/04/2016 06h03

Fernando Alonso só conseguiu o aval final para disputar o GP da China após voltar ao cockpit nesta sexta-feira em Xangai e passar por uma nova avaliação dos médicos da Federação Internacional de Automobilismo. Mas o espanhol admite que, mesmo convencendo os profissionais de que está apto a correr, não viveu um dia fácil a bordo de sua McLaren.

Alonso celebrou o fato de ter dado 42 voltas ao longo das 3h de sessões de treinos livres, ainda que reconheça que ainda está sentindo dores.

“Estou com um pouco de dor. A costela ainda está um pouco fraturada, então é normal. Além disso, há curvas longas aqui. Mas a dor é administrável”.

O espanhol não subia no carro desde o forte acidente sofrido dia 20 de março, na primeira etapa do campeonato, na Austrália. O piloto chegou a tentar correr duas semanas depois, no Bahrein, mas foi barrado pelos médicos.

Na China, passou por uma nova avaliação e, por pouco, não ficou novamente de fora. O piloto não apresentou um laudo da federação espanhola de automobilismo atestando que tinha condições de correr, falha que quase comprometeu seu retorno. Com a questão resolvida, ficara decidido que o bicampeão passaria por uma nova avaliação após a primeira sessão de treinos livres para, só então, ser liberado para correr.

O piloto terminou o dia na 11ª colocação, um décimo à frente do companheiro Jenson Button, e reconheceu que a McLaren "ainda tem muito trabalho pela frente" na China. Apesar de ter melhorado consideravelmente em relação ao ano passado, o time ainda não conseguiu largar entre os 10 primeiros na temporada.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!