Fórmula 1

Pilotos exaltam união. Mas não entram em acordo sobre conta de jantar

Twitter/Reprodução
Imagem: Twitter/Reprodução

Do UOL, em São Paulo

15/04/2016 12h00

Fotos que começaram a circular na noite de quarta-feira nas redes sociais mostravam 18 dos 22 pilotos do grid jantando juntos em Xangai, na China, e promovendo a imagem de que estavam unidos mesmo após as declarações de ex-pilotos como Jacques Villeneuve e John Watson, pedindo que eles deixem de opinar sobre as questões políticas da Fórmula 1.

Afinal, nos últimos meses, os pilotos adotaram uma postura mais incisiva contra mudanças propostas pelos dirigentes e o próprio sistema de tomada de decisões da categoria, chegando a enviar uma carta formal aos responsáveis cobrando maior participação.

Porém, apesar de concordarem em diversos pontos que tratam do futuro da Fórmula 1, faltou entrar em acordo em relação a um tema: quem vai pagar a conta do jantar?

Quem levantou a questão foi Lewis Hamilton, que havia feito a reserva no restaurante italiano e uma espécie de caução. Mas depois não gostou da reação dos colegas. “Foi muito ridículo na verdade, porque alguém disse ‘vamos dividir a conta’. Então 18 pilotos dividiram uma conta, o que é insano.”

O tricampeão disse ter proposto pagar a conta inteira, ou dividir com mais um, “e então da próxima vez outro pagava. Mas eles quiseram pagar individualmente. Então foram 18 recibos, 18 cartões, a coisa mais ridícula que eu vi. Nunca tinha visto algo antes”, disse o inglês, antes de não perder a oportunidade de cutucar o companheiro Nico Rosberg e dizer que a ideia de dividir a conta “certamente veio dele”.

Rosberg, por sua vez, se mostrou surpreso com a ‘acusação’. “Verdade? Interessante. Pelo que lembro, o acordo que existe é que normalmente é o campeão do mundo que paga, mas isso pode ser apenas minha opinião.”
União

Polêmicas à parte, os pilotos fizeram questão de destacar a importância de trocarem ideias e serem ouvidos na Fórmula 1. “Estamos pilotando os carros. Sabemos o que é preciso para curtirmos mais. Ninguém sabe tanto quanto nós, então podemos ajudar a achamos que entendemos o que as pessoas querem”, afirmou Rosberg.

Felipe Massa concordou com o alemão. "É realmente negativo na F1 que ninguém se veja no paddock, todo mundo está preso dentro de uma sala ou em reunião, então corremos juntos, mas não apenas na pista, então eu acho que foi muito bom", disse o brasileiro.

"Precisamos repetir isso mais e acho que nós precisamos estar unidos, porque temos uma grande quantidade de energia e os pilotos juntos, unidos, podemos fazer mais para melhorar o show, o esporte e podemos ajudar."

Dos 18 pilotos do grid, apenas Kimi Raikkonen, a dupla da Renault e o novato indonésio Rio Haryanto não estavam presentes.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
UOL Esporte
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Grande Prêmio
Blog do Carsughi
Grande Prêmio
Esporte Ponto Final
UOL Esporte
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Redação
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Blog do Carsughi
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Topo