Fórmula 1

Após quebras, Hamilton defende mecânicos e equipe: 'Estão pressionados'

 Clive Mason/Getty Images
Imagem: Clive Mason/Getty Images

Do UOL, em São Paulo

02/05/2016 10h33

Lewis Hamilton saiu em defesa de sua equipe após alguns torcedores questionarem a série de problemas que o piloto vem enfrentando nesta temporada. Além das quebras, que comprometeram especialmente as classificações na China e na Rússia, uma mudança na equipe de mecânicos também foi apontada como sinal de favorecimento da equipe ao alemão Nico Rosberg, que tem aproveitamento de 100% na temporada após quatro etapas.

“Tenho muito orgulho dos meus caras, e o pessoal que voou ontem [sábado] com as novas peças”, disse Hamilton, referindo-se ao esforço da Mercedes para que ele pudesse trocar partes de seu motor sem perder posições no grid, em entrevista coletiva após o GP da Rússia. “Particularmente, no meu lado da garagem, eles estão sofrendo no momento.”

O chefe de Hamilton, Toto Wolff, também saiu em defesa de seus funcionários, dizendo que as teorias da conspiração são “lunáticas.”

“Esses caras tiveram algumas experiências ruins e tenho certeza de que só posso imaginar o quão pressionados eles estão, e isso não tem nada a ver com eles, porque eles estão fazendo um trabalho fantástico”, salientou Hamilton.

“E não há motivos para que não possamos vencer, só estamos tendo estes problemas. No momento, não sei se houve algum erro humano ou não, mas acho que é isso que eles estão tentando retificar.”

Hamilton disse entender a preocupação dos fãs, porque “vencemos e perdemos juntos e isso é bonito”, mas afirmou que queria “assegurá-los que não é culpa dos meus mecânicos.”

O tricampeão, contudo, disse que vai acompanhar mais de perto as investigações sobre o problema ocorrido na Rússia, semelhante ao que fez com que largasse em último na etapa anterior.

“Há coisas que pedi para ser informado. Por exemplo, na última corrida, não recebi o e-mail com as conclusões. E depois eles me disseram que deveriam ter me mandado. Semana que vem, terei todas as informações. É só porque eu quero fazer parte do processo e porque posso ajudar em muitas coisas. No final das contas, somos uma equipe.”

Com os problemas que enfrentou nas duas últimas etapas e largadas ruins nas duas primeiras, Hamilton tem 43 pontos de desvantagem para Rosberg.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Redação
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Redação
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Redação
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Redação
Redação
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Blog do Carsughi
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Topo