Topo

Fórmula 1

Red Bull acredita que voltará a dominar a Fórmula 1 com regras de 2017

Ross Land/AP
Imagem: Ross Land/AP

Do UOL, em São Paulo

09/05/2016 06h00

A Red Bull está colocando todas as suas fichas nas mudanças do regulamento da Fórmula 1 para a próxima temporada para voltar a lutar por campeonatos. O time, tetracampeão entre 2010 e 2013, perdeu terreno com a introdução dos motores V6 turbo híbridos, mas agora acredita que pode retornar ao topo. Isso, se a prometida convergência de performances dos motores sair do papel, como alerta o consultor do time Helmut Marko.

“Agora todas as equipes terão a chance de diminuir a diferença. Claro que provavelmente somos os maiores beneficiados, pois no passado, quando houve mudanças, sempre estivemos na frente”, lembrou Marko em entrevista ao site oficial da F-1.

“Se a diferença entre os motores não for maior do que três décimos, temos todas as chances do mundo para fazer algo com nosso chassi. Isso nos colocaria de volta a uma posição em que podemos vencer corridas novamente - e lutar por campeonatos. Mas tudo depende se tudo for feito do jeito que foi escrito e decidido.”

Em outras palavras, o grande temor da Red Bull é que a promessa de maior equalização dos motores não saia do papel, dificultando uma reação da equipe, que usa uma das unidades de potência mais fracas do grid, a Renault.

“A maneira como essa convergência será feita ainda está em aberto. Se realmente pudermos ficar dentro desses três décimos que foram calculados estaremos bem - mas não parece haver qualquer garantia disso.”

Além da convergência de performance dos motores por meio do fim das restrições ao desenvolvimento, os carros serão mais largos e rápidos e terão pneus maiores a partir de 2017.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!