Fórmula 1

Rivais da Mercedes tentam 'aprontar' em Mônaco, e até McLaren está otimista

AP Photo/Luca Bruno
Imagem: AP Photo/Luca Bruno

Julianne Cerasoli

Do UOL, em Barcelona (ESP)

24/05/2016 06h00

Que a pista de Mônaco é diferente, ninguém duvida. Tanto, que algumas equipes apostam que poderão ter um rendimento bem superior ao das etapas anteriores - e até ameaçar o domínio das Mercedes.

A grande explicação para tanta confiança é o fato de o traçado em Monte Carlo evidenciar quais os melhores carros do ponto de vista aerodinâmico, sem tanta influência da potência do motor. Assim, enquanto Ferrari e Red Bull estão de olho em quebrar a sequência de três vitórias seguidas da Mercedes no Principado, até a McLaren também fala em surpreender.

“Acho que deve ser uma pista forte para nós”, disse Sebastian Vettel, da Ferrari, em comunicado oficial. “Fomos competitivos lá no ano passado e acho que melhoramos justamente nas áreas que fazem diferença em Mônaco. O carro lida melhor com as zebras em geral, e isso deveria ajudar”.

Mas quem chega mais embalada ao Principado é a Red Bull, que vem de uma vitória na Espanha, aproveitando-se da batida que tirou os dois Mercedes da prova. Considerado o melhor chassi do grid ao lado do carro alemão, o RB12 costuma ficar devendo em pistas nas quais o motor fala alto, uma vez que o Renault é bem inferior em relação ao Mercedes ou ao Ferrari. E isso não deve fazer tanta diferença na prova do próximo final de semana.

“Já tivemos um pódio [na China] e uma vitória neste ano e acho que Mônaco nos dá uma grande oportunidade de ter mais conquistas”, apontou Daniel Ricciardo. “Mas não é daquelas provas em que você tem de ficar muito empolgado: porque é um circuito em que pode dar tudo certo ou tudo errado, mas acredito que temos uma grande chance.”

McLaren melhor que a Williams?
Atrás do trio que conquistou todos os pódios e vitórias nas cinco etapas disputadas até aqui, a equipe mais próxima tem sido a Williams. Porém, para o chefe da McLaren, Eric Boullier, a história será diferente nas ruas de Mônaco.

“No papel, poderíamos ficar entre o sexto e o oitavo lugares, acredito”, disse o francês à Autosport. E isso significa, de acordo com a equipe, brigar com a Ferrari e a Toro Rosso para ser a terceira força. “Não tenho certeza [se somos melhores] em relação à Ferrari. Não sei se eles são uma ameaça para nós. A Red Bull, definitivamente. A Toro Rosso tem um bom carro e também tem a Mercedes. E a Williams está claramente atrás.”

O GP de Mônaco terá três sessões de treinos livres, às 5h e às 9h da quinta-feira no Brasil, e às 6h do sábado. A classificação será às 9h também do sábado e a largada, no mesmo horário, no domingo.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Redação
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Redação
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Redação
Redação
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Blog do Carsughi
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Topo