Fórmula 1

Acidente entre Hamilton e Rosberg continua dando o que falar em Mônaco

Formula 1 Oficial
Imagem: Formula 1 Oficial

Julianne Cerasoli

Do UOL, em Monte Carlo (MON)

27/05/2016 06h00

O acidente entre Lewis Hamilton e Nico Rosberg na primeira volta do GP da Espanha continua dando o que falar no paddock da Fórmula 1. Há quem defenda que o alemão não tinha o direito de fechar a porta porque o companheiro já tinha a asa dianteira colocada ao lado de seu carro. E há quem acredite que o inglês simplesmente mergulhou em um espaço que não existia mais.

A maioria, contudo, vê um acidente de corrida, em uma situação complicada pela diferença de 17 km/h entre os dois carros, provocada por um erro de Rosberg na seleção do mapeamento de motor, como lembrou Felipe Massa ao UOL Esporte.

“Só aconteceu o acidente pelo erro do Rosberg no ajuste. Se não fosse isso, o Hamilton nunca teria a chance de ultrapassar naquele lugar”, defendeu o brasileiro. “Mas era claro que o Rosberg saiu da curva sem força no motor. Na minha opinião, os dois puxaram para o lado de dentro na mesma hora e isso causou o acidente.”

Para Massa, o acidente só foi tão comentado por se tratar de Hamilton e Rosberg. “Na regra, diz que, quando o piloto de trás está com a asa do lado do pneu do outro, o da frente não pode fechar. Mas isso não aconteceu: quando ele estava do lado, já estava na grama. E acho que foi um acidente de corrida, algo que pode acontecer. Por ser um acidente com dois carros da mesma equipe faz um barulho 15 vezes maior.”

Felipe Nasr, por sua vez, destacou o pouco tempo que Hamilton teve para reagir ao perceber que o companheiro estava bem mais lento na reta.

“Não tem porque culpar o Rosberg. O espaço já era pequeno. E acho que não sobrou muito espaço para fazer uma ultrapassagem. Mas não tem motivo para apontar o dedo para nenhum dos dois. Foi uma coisa de corrida: um viu a oportunidade e tentou aproveitar. É uma decisão tomada em décimos e depois não tem como tirar. Deu no que deu.”

Os personagens da polêmica fugiram do assunto. Rosberg se limitou a dizer que eram águas passadas e que estava focado em conquistar sua quarta vitória seguida no GP de Mônaco. Já Hamilton só salientou a maneira civilizada com que os dois conversaram no paddock em Monte Carlo e garantiu que a batida não afeta sua relação.

Após cinco etapas disputadas, Nico Rosberg é o líder do campeonato, com 43 pontos de vantagem para Hamilton, que é o terceiro, atrás de Kimi Raikkonen, da Ferrari.

O próximo ‘round’ da disputa interna acontece neste final de semana, em Mônaco, com classificação às 9h (de Brasília), no sábado, e largada no mesmo horário, no domingo.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
UOL Esporte
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Grande Prêmio
Blog do Carsughi
Grande Prêmio
Esporte Ponto Final
UOL Esporte
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Redação
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Blog do Carsughi
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Topo