Topo

Fórmula 1

Empolgados com final da Champions, espanhóis cogitaram bate-volta em Milão

Jean-Christophe Magnenet/AFP Photo
Alonso foi o capitão do time dos pilotos em partida realizada na última terça-feira em Mônaco Imagem: Jean-Christophe Magnenet/AFP Photo

Julianne Cerasoli

Do UOL, em Monte Carlo (MON)

28/05/2016 06h00

A Fórmula 1 vive um de seus finais de semana mais importantes da temporada, com a realização do GP de Mônaco, mas pelo menos dois pilotos do grid estarão com a cabeça bem longe da pista no sábado à noite: fanáticos pelo Real Madrid, Fernando Alonso e Carlos Sainz até cogitaram ir a Milão para assistir à final da Champions League.

“Pensamos em ir de helicóptero, mas era muito arriscado”, revelou Alonso ao UOL Esporte. “Não para a ida, mas sim para a volta, porque provavelmente não poderíamos voar à noite depois do jogo. Então teríamos que voar no domingo de manhã, horas antes da largada, e isso seria muito complicado.”

A saída será ver o jogo em Mônaco. “Temos o plano A, B e C. O primeiro seria assistir na Red Bull, o segundo na McLaren e o terceiro em um barco com amigos do Carlos. Nós dois somos muito apaixonados pelo futebol e pelo Real Madrid. E acho que vamos curtir muito.”

Talvez a decisão de ficar em Mônaco seja boa para Sainz, já que o piloto lembrou que também estava no Principado no último título do time na competição europeia, em 2014.

“Verei o jogo certamente com Fernando em algum lugar, com a mesma camisa que usei em 2014, quando também vi o jogo aqui, e que acho que deu sorte.”

Qual o número da camisa? “55, claro”, disse o piloto, referindo-se ao número que usa na Fórmula 1.

Mas o apoio ao Madrid não será total. Felipe Massa afirmou ao UOL Esporte que vai torcer para o Atlético.

“Eu gosto do Barcelona. Na verdade, eu gostava do Real Madrid quando o Roberto Carlos e o Ronaldo estavam jogando. Hoje eu prefiro o Barcelona, que não está lá, então minha torcida vai ser pelo Atlético de Madri.”

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!