Topo

Fórmula 1

Mesmo longe dos pontos em 2016, Nasr se vê bem avaliado no paddock da F-1

Mark Thompson/Getty Images
Imagem: Mark Thompson/Getty Images

Julianne Cerasoli

Do UOL, em Montreal (CAN)

12/06/2016 06h00

Chamar a atenção dos espectadores andando no fundo do pelotão, longe até mesmo da zona de pontuação, pode parecer difícil para pilotos como Felipe Nasr. Mas o brasileiro está seguro de que sua imagem dentro do paddock da Fórmula 1 não está sendo arranhada pelos resultados ruins deste início de ano com a Sauber.

O piloto, que negocia uma vaga para a próxima temporada, afirmou ao UOL Esporte que não acredita que a campanha sem grandes resultados deste ano, em que viu sua equipe cair de produção em relação à última temporada, vá interferir negativamente em suas negociações.

“As pessoas que realmente entendem certamente percebem. Quem está envolvido sabe analisar da maneira correta. Acho que o ano em que pudemos mostrar trabalho em termos de resultados - que foi o ano passado, de estreia - eu pude fazer isso muito bem”, lembrou o piloto, que terminou sua primeira temporada na F-1 em 13º, com três vezes mais pontos que seu companheiro, Marcus Ericsson.

“Acho que continuo fazendo meu trabalho muito bem neste ano. Só não temos a recompensa dos pontos. Infelizmente, não temos o equipamento para mostrar os resultados como gostaríamos. Eu, a equipe, todos nós temos limitações neste ano. Mas certamente quem está aqui dentro vê cada detalhe disso.”

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!