Fórmula 1

Uma volta em 65s: F-1 pode bater recorde de mais de 25 anos no próximo GP

Andrej Isakovic/AFP
Imagem: Andrej Isakovic/AFP

Do UOL, em Barcelona (ESP)

27/06/2016 05h37

A Fórmula 1 deve ter sua pole position mais rápida em pelo menos 25 anos neste final de semana na Áustria. Isso porque o circuito de Spielberg, de 4,326km, já era um dos mais velozes do calendário e será ainda mais rápido com modificações feitas no asfalto e em algumas zebras.

Ano passado, Lewis Hamilton fez a pole position na Áustria em 1m08.455s, ainda que o melhor tempo da história do circuito tenha sido registrado por Michael Schumacher, em uma sessão de treinos livres em 2003 - 1m07.908s. Contudo, com as modificações e tendo em vista a melhora das marcas de outras categorias que já correram no circuito após as mudanças, espera-se que a pole deste ano esteja na casa dos 1m06 e possa, inclusive, chegar a 1min05.

Além das mudanças na pista, os carros estão mais rápidos neste ano, além do GP da Áustria ser um daqueles em que o novo pneu ultramacio, mais aderente e veloz, será utilizado.

A Fórmula 1 não tem um tempo de volta tão baixo desde que Nigel Mansell fez a pole do GP da França em 1min04s402 em 1990, no último ano em que a F-1 correu no circuito curto de Paul Ricard.

O escocês Paul Di Resta, que é reserva da Williams e corre na DTM, é um dos que já teve a experiência de andar no novo Spielberg. “Para nós, foram 2s5 de melhora”, revelou ao Motorsport.com. “O asfalto é mais liso e dá mais aderência nas curvas. É menos ondulado, então dá para otimizar melhor o carro - dá para andar mais baixo, o que melhora a aerodinâmica. As zebras são diferentes também, um pouco mais planas.”

O piloto acredita que os carros de F-1 possam chegar a 1min05 durante o final de semana. “Vai ser muito rápido e o os pilotos vão ficar ocupados. Será um desafio para eles.”

A grande consequência de um tempo de volta tão curto é o tráfego, que deve atrapalhar a classificação especialmente em sua primeira parte, quando todos os 22 pilotos estarão na pista, e também na corrida, uma vez que a tendência é que os líderes tenham mais trabalho com os retardatários.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
AFP
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Blog do Carsughi
Redação
Redação
Grande Prêmio
Redação
Grande Prêmio
Topo