Fórmula 1

Para Hamilton, rivalidade com Alonso era mais igual do que com Rosberg

Reuters
Imagem: Reuters

Julianne Cerasoli

Do UOL, em Londres (ING)

06/07/2016 06h00

Ter uma forte briga com o próprio companheiro de equipe não é novidade na carreira de Lewis Hamilton. Logo em sua primeira temporada na Fórmula 1, o inglês travou uma intensa batalha com Fernando Alonso na McLaren e os dois acabaram a temporada empatados, com vantagem para o lado do estreante nos critérios de desempate.

Nos últimos três anos, a briga de Hamilton pelo título tem sido com outro companheiro, Nico Rosberg. No primeiro ano, o campeonato foi decidido na última etapa, mas o inglês fez uma grande segunda metade de temporada e chegou a Abu Dhabi em posição relativamente confortável. Em 2015, dominou amplamente e conquistou o tricampeonato com antecipação.

Em 2016, enfrenta uma situação diferente, tendo tido uma série de resultados ruins e vendo-se na posição de caçador de Rosberg, que atualmente está 11 pontos à frente após nove etapas disputadas, muito em função de problemas técnicos tidos pelo companheiro. Por conta disso, Hamilton acredita que a rivalidade atual com Rosberg é diferente daquela travada com Alonso em 2007.

“É diferente. Quando eu estava disputando com o Fernando, nós dois tínhamos as mesmas oportunidades, no sentido de que nossos carros eram confiáveis, não tínhamos problemas, então estávamos brigando mais dentro da pista”, explicou o inglês.

“Agora, é igual e diferente ao mesmo tempo. Com Nico, ainda disputamos de maneira dura, mas é diferente. O cenário é distinto. Ele está na liderança com quatro motores [que ainda não foram usados] e eu estou tentando me recuperar com um. Então estamos em posições diferentes em relação a isso. Então eu diria que é um pouco mais intenso do meu lado porque cada ponto conta mais do que nunca.”

O inglês admitiu antes do GP da Áustria que sua expectativa é de que tenha de largar do fundo do pelotão em pelo menos duas etapas até o final do ano, pois vai estourar o limite de cinco unidades de potência a serem utilizadas na temporada.

O próximo ‘round’ desta briga será disputado no GP da Grã-Bretanha, neste final de semana. Hamilton vem de uma vitória marcante na Áustria, quando ele e Rosberg bateram na última volta. O alemão, que foi responsabilizado pelo acidente pelos comissários, chegou em quarto.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Grande Prêmio
Grande Prêmio
Blog do Carsughi
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
AFP
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Blog do Carsughi
Redação
Topo