Fórmula 1

Times grandes estão fechados, mas há vagas: raio-x do mercado da F1 em 2017

Charles Coates/Getty Images
Imagem: Charles Coates/Getty Images

Julianne Cerasoli

Do UOL, em Londres (ING)

11/07/2016 06h00

Com a confirmação de Kimi Raikkonen na Ferrari e a Mercedes dando fortes indícios de que a renovação de Nico Rosberg é uma questão de tempo, as principais vagas do grid da Fórmula 1 para a próxima temporada estão praticamente definidas. Mas muita coisa ainda está no ar no mercado de pilotos, envolvendo inclusive os pilotos brasileiros.

Entenda o cenário do mercado de pilotos em cada equipe:

Mercedes: Lewis Hamilton tem contrato até o final de 2018, enquanto Nico Rosberg parece próximo de fechar sua renovação por dois anos. Em Silverstone, no último final de semana, disse “não ter dúvidas de que esta será a dupla de pilotos para o ano que vem”.

Ferrari: Sebastian Vettel tem contrato até o final do ano que vem, assim como Kimi Raikkonen, que teve sua renovação anunciada no último final de semana.

Red Bull: Embora tanto Daniel Ricciardo, quanto Max Verstappen, tenham sido procurados pela Ferrari, ambos estão blindados por seus contratos e permanecem na Red Bull até o final de 2018.

Dan Istitene/Getty Images/AFP
Felipe Massa, da Williams Imagem: Dan Istitene/Getty Images/AFP
Williams: Com ambos os pilotos sob contrato até dezembro, o time tem duas das vagas mais disputadas do grid. Felipe Massa e Valtteri Bottas negociam com o time, e a chefe Claire Williams disse que o brasileiro está “no topo da lista”. Mas não faltam pilotos interessados em defender a equipe, desde Jenson Button, cujas chances parecem grandes, uma vez que poderia despertar o interesse de patrocinadores, até Felipe Nasr, que já foi piloto de testes do time. Outro nome forte é Alex Lynn, britânico que traz consigo um grande montante em patrocínio. Com a carreira administrada por Toto Wolff, Pascal Wehrlein pode ganhar uma vaga em algum dos clientes da Mercedes em troco de desconto no fornecimento de motores.

Force India: Nico Hulkenberg tem contrato até o final de 2017. No caso de Perez, um dos pilotos que estavam na lista da Ferrari, houve muitas especulações. Porém, a equipe teria exercido a opção de renovar seu contrato por mais um ano, ainda que o piloto diga que seu futuro ainda está em aberto. O chefe da equipe, Vijay Mallya, disse em Silverstone que “ambos estão assinados para o ano que vem”.

Toro Rosso: O chefe do time, Franz Tost, vem dando declarações indicando a manutenção da dupla atual e Carlos Sainz chegou a ser anunciado. Porém, em Silverstone aumentaram os rumores de que o espanhol pode ir para a Renault, em troca de um desconto no fornecimento de motores. “Seria estranho”, disse o piloto, que não negou o interesse. Do lado de Kvyat, seu futuro depende diretamente do que acontece com Sainz e do desempenho do outro piloto Red Bull, Pierre Gasly, que venceu sua primeira corrida na GP2 no último fim de semana.

McLaren: Fernando Alonso tem contrato até o final do ano que vem. Já as chances de Button continuar são pequenas. O inglês deve ser subsituído pelo piloto reserva Stoffel Vandoorne, que quase ficou com a vaga já neste ano.

Renault: Por ser um time de fábrica e ter os dois pilotos mais fracos do grid atual, o time francês é um dos mais cotados. Uma das vagas deve ficar com o talentoso Esteban Ocon e para o outro carro o time busca um piloto jovem, mas com certa experiência e o primeiro da lista é Sainz.

Sauber: Com o investimento sueco crescendo dentro do time, Marcus Ericsson deve continuar. Também há a chance real de Felipe Nasr permanecer, ainda que seja uma daquelas vagas em que o patrocínio tem papel importante devido à situação financeira do time.

Manor: Nenhum dos pilotos atuais tem contrato. As chances são para pilotos com bom orçamento ou com ligação com a Mercedes, a fim de garantir um desconto no fornecimento de motores.

Haas: Romain Grosjean tem contrato até o final do ano que vem e tudo indica que Esteban Gutierrez deve permanecer. O mexicano disse estar confiante em relação ao ano que vem, mas a equipe ainda não o confirmou, o que deve acontecer, segundo o chefe Guenther Steiner, em setembro.
 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
UOL Esporte
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Grande Prêmio
Blog do Carsughi
Grande Prêmio
Esporte Ponto Final
UOL Esporte
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Redação
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Blog do Carsughi
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Topo