Fórmula 1

Com Ricciardo e Verstappen no pódio, Red Bull piora crise na Ferrari

Julianne Cerasoli

Do UOL, em Hockenheim (ALE)

31/07/2016 11h29

A Red Bull terminou o GP da Alemanha não apenas com dois carros no pódio pela primeira vez no ano, como também ultrapassou a Ferrari na briga pelo segundo lugar no campeonato. Daniel Ricciardo e Max Verstappen têm obtido resultados melhores que Sebastian Vettel e Kimi Raikkonen nas últimas provas, revertendo uma desvantagem que era de 37 pontos há quatro provas e abrindo 14 após o segundo posto de Ricciardo e o terceiro de Verstappen em Hockenheim.

A perda de terreno vem causando tensão no time italiano, que não tem conseguido extrair um bom rendimento de seu carro nas últimas corridas, especialmente nas classificações, e recentemente perdeu o diretor técnico James Allison. "Ficamos um pouco mais para trás do que esperávamos. O ritmo não era ruim, mas não era bom o bastante. Talvez os demais tenham melhorado e nós tivemos dificuldade com o equilíbrio, o carro estava escorregando muito", avaliou Vettel.  

“Foram dois finais de semana seguidos com um pódio, e acho que é o primeiro pódio duplo para a equipe em quase um ano”, lembrou Ricciardo. “Foi uma corrida estratégica. Eu estava mais confortável no supermacio, então optei por usá-los no final. Capitalizamos com o fato de ter um bom carro, não é nada mal ter os dois no pódio. Acho que podemos ficar orgulhosos de termos chegado entre as duas Mercedes.”

Ricciardo chegou a ficar em terceiro lugar após as segundas paradas, mas, com um ritmo superior ao de Verstappen, que usava pneus diferentes, acabou vendo o companheiro abrir para chegar em segundo.

“Fiz uma boa largada, e depois fizemos estratégias diferentes”, explicou Verstappen. “O segundo jogo de supermacios não funcionou bem, então meu ritmo só melhorou com o macio. Porém, o macio acabou não sendo tão rápido quanto o supermacio na parte final da prova. Acabei tendo de deixar Daniel passar e isso deu certo para a equipe porque marcamos vários pontos. Estamos na frente da Ferrari e esse era o objetivo principal.”

Após 12 etapas disputadas, o time italiano, que terminou em quinto com Sebastian Vettel e sexto com Kimi Raikkonen, sem ter demonstrado um grande ritmo por todo o final de semana e sofrendo com o equilíbrio do carro, como revelou o piloto alemão, soma 242 pontos. A Red Bull, que foi apenas quarta colocada no mundial do ano passado, chegou a 256 com o pódio duplo da Alemanha.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
UOL Esporte
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Grande Prêmio
Blog do Carsughi
Grande Prêmio
Esporte Ponto Final
UOL Esporte
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Redação
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Blog do Carsughi
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Topo