Fórmula 1

Dirigentes querem regras simples. Mas engenheiro da ‘velha guarda’ alerta

Drew Gibson/Getty Images
Imagem: Drew Gibson/Getty Images

Julianne Cerasoli

Do UOL, em Barcelona (ESP)

17/08/2016 06h00

“Há regras demais. Precisamos fazer algo para reduzir a quantidade de regras e torná-las mais simples e mais fáceis”, declarou recentemente Toto Wolff, chefe da Mercedes. “As regras se tornaram complexas demais, é algo que já estamos discutindo nas reuniões entre as equipes, porque queremos correr, e não ficarmos rodeados de documentos de todo tipo”, concordou o comandante da Ferrari, Maurizio Arrivabene.

Os dirigentes da Fórmula 1 parecem decididos a tornar a categoria mais simples, mas há quem discorde. Um dos engenheiros que tem participado das revisões de regulamentos dos últimos 30 anos na categoria, o diretor técnico da Williams, Pat Symonds, acredita que um regulamento mais livre só traria mais confusão.

“É muito fácil esquecer por que determinadas regras foram colocadas onde elas estão”, defendeu o britânico, ouvido pelo UOL Esporte. “Os caras mais velhos, como eu, temos ido a estes encontros há anos e nós lembramos o porquê. E o Charlie [Whiting, diretor de corridas] também lembra. E o dia em que Charlie for embora, vai ficar bem difícil porque ninguém vai saber por que as regras são como são.”

Symonds defende que, quanto mais abertas forem as regras, mais lentas serão as decisões porque todas as equipes sempre querem encontrar uma brecha.

“O que acontece é que sempre aparece uma situação que nunca apareceu e temos um conflito e duas pessoas ligadas ao direito podem dar duas versões diferentes sobre o que é certo e é nosso trabalho estabelecer um precedente. Agora o trabalho de quem está cuidando das regras é saber que elas estão aí há anos por algum motivo. Muitas vezes algo acontece depois de anos da regra ser escrita e até esquecemos que ela existe. Há várias regras, mas a maioria está lá por algum motivo que foi observado há muito tempo”, afirmou.

“Tem que ser assim, caso contrário não funcionaria. Se tudo está escrito, você tem de trabalhar de acordo com as regras. Deveria ser simples mesmo que as regras em si sejam complicadas. Se não houvesse tanta coisa escrita, teríamos muitas discussões.”

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Redação
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Redação
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Redação
Redação
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Blog do Carsughi
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Topo