Fórmula 1

Hamilton erra, Rosberg vence e diferença cai para 2 pontos; Massa é o 9º

REUTERS
Rosberg superou Hamilton na largada. Vettel terminou em 3º em Monza Imagem: REUTERS

Julianne Cerasoli

Do UOL, em Monza (Itália)

04/09/2016 10h21Atualizada em 04/09/2016 13h22

Tudo estava encaminhado para Lewis Hamilton aumentar ainda mais sua vantagem no campeonato, mas uma largada ruim deu a chance de que Nico Rosberg precisava para bater o companheiro e diminuir para apenas dois pontos a diferença entre os dois na briga pelo título. O inglês, que dominou os treinos e parecia amplamente superior ao alemão, chegou a cair para sétimo nas primeiras curvas, mas se recuperou para chegar em segundo no GP da Itália.

A Ferrari chegou a andar em segundo e terceiro em casa, mas não teve ritmo para segurar as posições e ficou com o terceiro lugar com Sebastian Vettel e quarto com Kimi Raikkonen.

Largando em 11º, Felipe Massa conseguiu algumas posições e terminou em nono. Já a corrida de Felipe Nasr acabou logo no início, após um toque com Jolyon Palmer.

AFP
Hamilton perdeu posições na largada; Rosberg assumiu liderança na prova em Monza Imagem: AFP

Com o resultado, a vantagem de Hamilton, que era de 19 pontos há duas semanas, agora é de dois (250 a 248) com sete provas para o final do campeonato. A próxima etapa será em Cingapura, em duas semanas.

Hamilton larga mal
Depois de ter feito a pole position com quase meio segundo de vantagem, Hamilton largou mal e caiu de primeiro para sétimo. Segundo no grid, Nico Rosberg teve de disputar a primeira freada com Sebastian Vettel, que saiu muito bem do terceiro posto, para garantir o primeiro lugar, diante do alemão e de Kimi Raikkonen.

Valtteri Bottas subiu para o quarto posto, e logo passou a ser pressionado por Hamilton, que se livrara facilmente de Ricciardo. Perez, Massa - que arriscou na primeira curva e ganhou três posições - Alonso e Hulkenberg completavam o top 10. Massa e Alonso tinham a vantagem de estarem usando pneus novos, uma vez que largaram de fora dos 10 primeiros: o brasileiro estava com os macios e o espanhol, com os supermacios.

Felipe Nasr vinha brigando com as Renault quando se tocou com Jolyon Palmer na saída da primeira chicane e teve um pneu furado. O brasileiro tentou continuar, mas acabou abandonando ainda na quinta volta. "Eu estava na frente e senti uma pancada por trás. Não tem nada de diferente que poderia ter feito ali", disse o piloto da Sauber, que foi punido pela manobra.

Depois de perder várias posições na largada, Verstappen começou a se recuperar, superando primeiro Hulkenberg e depois Alonso para ocupar a nona colocação, atrás de Massa. Mais à frente, Hamilton conseguiu passar Bottas após 10 voltas, quando Rosberg já tinha aberto 11s em relação ao companheiro na frente.

Estratégia diferente da Mercedes
Após as primeiras paradas, Rosberg manteve a ponta e as Ferraris continuaram em segundo e terceiro, mas a Mercedes deixou claro que faria um pit stop a menos com seus pilotos, pois tanto Nico quanto Hamilton colocaram os pneus médios, enquanto as Ferraris optaram pelo supermacio. O inglês voltou em quarto, à frente de Bottas, Ricciardo, Perez, Verstappen, Massa e Grosjean.

Vettel voltou aos boxes na volta 34 para colocar os pneus macios e ir até o final da prova, o mesmo acontecendo com Raikkonen no giro seguinte. Com isso, ambos os pilotos foram superados por Hamilton e não tiveram ritmo para se recuperar.

Classificação final do GP da Itália:

1. Nico RosbergALE Mercedes-Mercedes53 voltas 1h 17m 28.089s 
2. Lewis HamiltonING Mercedes-Mercedes+15.0s 
3. Sebastian VettelALE Ferrari-Ferrari+20.9s 
4. Kimi RaikkonenFIN Ferrari-Ferrari+27.5s 
5. Daniel RicciardoAUS Red Bull-TAG Heuer+45.2s 
6. Valtteri BottasFIN Williams-Mercedes+51.0s 
7. Max VerstappenHOL Red Bull-TAG Heuer+54.2s 
8. Sergio PerezMEX Force India-Mercedes+64.9s 
9. Felipe MassaBRA Williams-Mercedes+65.6s 
10. Nico HulkenbergALE Force India-Mercedes+78.6s 

11. Romain Grosjean FRA Haas-Ferrari+1 volta 
12. Jenson ButtonING McLaren-Honda+1 volta 
13. Esteban Gutierrez MEX Haas-Ferrari+1 volta 
14. Fernando AlonsoESP McLaren-Honda+1 volta 
15. Carlos Sainz JrESP Toro Rosso-Ferrari+1 volta 
16. Marcus EricssonSUE Sauber-Ferrari+1 volta 
17. Kevin MagnussenDIN Renault-Renault+1 volta 
18. Esteban OconFRA MRT-Mercedes+2 voltas 

Não completaram a prova 

Rtd. Daniil KvyatRUS Toro Rosso-Ferrari+17 voltas 
Rtd. Pascal Wehrlein ALE MRT-Mercedes+27 voltas 
Rtd. Jolyon PalmerING Renault-Renault+46 voltas 
Rtd. Felipe NasrBRA Sauber-Ferrari+47 voltas 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
AFP
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Blog do Carsughi
Redação
Redação
Grande Prêmio
Redação
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Blog do Carsughi
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Redação
Topo