Topo

Fórmula 1

Alonso revela problemas de relacionamento na Ferrari

Luca Bruno/AP
Alonso ficou na Ferrari até o final da temporada 2014 Imagem: Luca Bruno/AP

do UOL, em São Paulo

07/09/2016 09h43

Fernando Alonso segue revelando novos detalhes sobre sua saída da Ferrari em 2014. Quase dois anos depois de deixar a escuderia italiana, o piloto espanhol citou mais alguns motivos que o fizeram voltar para a McLaren, entre eles, o relacionamento entre os membros da equipe.

Em entrevista ao jornal alemão Kleine Zeitung, Alonso revelou que não foi apenas a superioridade da Red Bull e Mercedes que o fez desistir da Ferrira. Segundo o espanhol, as várias trocas na estrutura diretiva da escuderia italiana e o clima pesado dentro da equipe o afetaram.

"Quando cheguei na Ferrari, (Luca di) Montezemolo era o presidente e (Stefano) Domenicali era o diretor esportivo. Eram pessoas muito boas para o grupo. Mas, no último ano, aconteceram muitas mudanças e tive a sensação de que aquele não era mais meu lugar", disse Alonso.

"No último ano também aconteceram outras coisas estranhas. Me colocavam a culpa de tudo, como, por exemplo, de que a suspensão dianteira não funcionava direito", continuou Alonso, que, até o momento, ainda não havia relatado nenhum problema de convivência dentro da Ferrari.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!