Fórmula 1

Puseram a Lotus do Senna no teto de um apartamento, mas não foi o Palocci

Reprodução/Whatsapp
Fotos diziam que Palocci colocou uma Lotus no teto de seu apartamento Imagem: Reprodução/Whatsapp

Gustavo Franceschini

Do UOL, em São Paulo

29/09/2016 06h00

Horas depois que o ex-ministro Antonio Palocci foi preso na operação Lava Jato, fotos de uma Lotus dos tempos de Ayrton Senna sendo instalado no teto de um espaçoso apartamento inundaram contas de Whatsapp. O carro, segundo o boato, seria um dos luxos do político, que comandou a Fazenda (2003 a 2006, com Lula) e a Casa Civil (2001, com Dilma) e é acusado de receber propinas da Odebrecht para atuar em favor da empresa no Governo Federal. Nada indica, no entanto, que ele tenha investido em um carro de Fórmula 1 como peça de decoração.

As fotos que foram distribuídas em grupos de Whatsapp são de Adhemar Cabral, publicitário e designer que tem um ateliê no qual produz réplicas de carros de corrida famosos. Em entrevista ao UOL Esporte, ele contou que levou um susto com a repercussão do boato e que, na verdade, o carro retratado foi colocado no teto da casa de um amigo dele, que não tem ligação alguma com Antonio Palocci.

“Não tem nada a ver. Nunca nem vi ele de perto. Isso aí entrou num grupo de whatsapp que não sei qual. Meu celular não parava de tocar, eram meus amigos perguntando se eu tinha vendido para o Palocci. Não sei quem inventou, não tenho a mínima ideia. Eu fui ver hoje e é impressionante a quantidade de coisas que já tem. Mas também vi sites de boato afirmando que não é verdade. Eu acho que já está explicado”, disse Adhemar Cabral, que fez um post no próprio Instagram reforçando que o carro não é do ex-ministro petista e foi produzido pela sua empresa, a AC Design. 

O apartamento em questão fica em São Paulo, no 22º andar e contou com a ajuda de um guindaste para receber o carro, uma réplica da Lotus 97T que Ayrton Senna usou na Fórmula 1 em 1985. Adhemar diz que tem mantido contato constante com o amigo que instalou a Lotus. No auge da boataria, os dois temeram que pudesse parecer que eles espalharam as fotos para prejudicar o PT. O dono do apartamento onde o carro está instalado, inclusive, prefere não se identificar para não ficar exposto em um ambiente de fanatismo político. Para o autor da obra, a situação fez seu trabalho ganhar notoriedade.

Reprodução/Instagram
Adhemar Cabral e a Lotus famosa Imagem: Reprodução/Instagram

Desde a última segunda, Adhemar diz ter recebido mais de uma dezena de email perguntando sobre seus serviços. Empresários fanáticos por carros e automobilismo são seu público-alvo, e Senna é um personagem presente em boa parte de suas criações. Há alguns anos, uma McLaren construída por ele foi para a Sapucaí em um desfile da Unidos da Tijuca sobre o piloto e foi parar na casa de um empresário mineiro.

“O carro anda, é um Fórmula 3. Nós fizemos umas adaptações e colocamos a bolha customizada. Por baixo ele é um Fórmula 3. Ele queria deixa na sala dele em Belo Horizonte, mas o único acesso seria por cima da piscina porque ele mora no morro. Ele contratou um guindaste que tinha uma lança de 30 metros para chegar até lá. Acho que foi a nossa maior aventura”, disse Adhemar.

O içamento é feito à parte e o preço varia entre R$ 3 mil e R$ 5 mil, dependendo da dificuldade. Se o cliente quiser que o carro ande, precisa pagar o custo do chassi original. Um Fórmula 3 antigo, segundo ele, sai por volta de R$ 40 mil. O mais caro é a customização que deixa a máquina idêntica aos carros antigos: tudo sai por volta de R$ 140 mil, sempre de acordo com o cliente deseja. 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Grande Prêmio
Redação
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Redação
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Blog do Carsughi
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
AFP
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Topo