Fórmula 1

Mercedes pode levar título na Malásia. Mas não deve liberar briga interna

Dan Istitene/Getty Images
Imagem: Dan Istitene/Getty Images

Julianne Cerasoli

Do UOL, em Sepang (Malásia)

30/09/2016 06h00

A Mercedes vive seu ano mais dominador desde que começou a comandar a Fórmula 1, aproveitando-se da mudança de regulamento de 2014. Tanto, que o time pode conquistar, com cinco etapas de antecipação, o título de construtores neste final de semana, na Malásia. Mas nem a taça vai mudar a maneira cautelosa como o time tem encarado a disputa interna de seus pilotos, Nico Rosberg e Lewis Hamilton, pelo mundial de pilotos.

As chamadas regras de conduta impostas pelos chefes da Mercedes após uma série de corridas em que os pilotos tiveram toques, entre Espanha e Áustria, nunca foram levadas a público, mas buscam impor limites à briga entre Rosberg e Hamilton.

Na época da adoção das regras de conduta, a justificativa era de que a equipe vinha perdendo pontos em relação aos rivais pelo comportamento dos pilotos. Porém, mesmo com o título assegurado, o que vai acontecer se o time tiver uma vantagem de 215 pontos em relação ao segundo colocado ao final desta etapa, o inglês não espera uma mudança na mentalidade.

“Não acredito que isso vá mudar porque ainda não queremos que os pilotos batam, mesmo que potencialmente possamos vencer o título de construtores neste final de semana”, destacou Hamilton.

“Há outras coisas nos bastidores em que eles poderiam se esforçar mais, acho, em termos de continuar o trabalho e melhorar. Não acho que alguma coisa vá mudar se vencermos o campeonato neste final de semana, ainda teremos de ir lá e disputar.”

Hamilton lembrou que, para a equipe, o que importa é o mundial de construtores, e que não há preferência por um quarto título para ele ou o primeiro de Rosberg.

“Em termos de eu ganhar ou não o campeonato, não é a prioridade deles porque eles não se importam com qual de nós vai vencer. Então depende de mim, individualmente, de como vou abordar essas provas”, acredita o inglês.

“Alguns gostam de anotar todos os detalhes e é uma questão de fazer o que é melhor para você. Para mim, não há nada que eu possa fazer sobre semana que vem, mas há algo que possa sobre amanhã e os próximos dias, então vejo dessa forma.”

A classificação para o GP da Malásia começa às 6h da manhã do sábado e a corrida tem largada às 4h do domingo. Rosberg retomou a liderança do campeonato na última etapa depois de encaixar uma sequência de três vitórias nas últimas três corridas e agora tem oito pontos de vantagem em relação a Hamilton.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Blog do Carsughi
Redação
Redação
Grande Prêmio
Redação
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Blog do Carsughi
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Redação
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Redação
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Topo