Fórmula 1

Massa revela início de negociações para correr em 2017. Futuro pode ser DTM

Dan Istitene/Getty Images
Imagem: Dan Istitene/Getty Images

Julianne Cerasoli

Do UOL, em Suzuka (Japão)

04/10/2016 06h00

Após Felipe Massa anunciar sua aposentadoria da Fórmula 1 no início de setembro, começaram as especulações sobre qual será o futuro do brasileiro, que tem dado algumas dicas do que espera para os próximos anos. O piloto da Williams já deixou claro que não pretende voltar a viver ou correr no Brasil tão cedo, preferindo categorias como a DTM, WEC ou Fórmula E, e deseja explorar sua imagem em funções fora das pistas.

Dentre as opções do piloto para continuar na ativa na próxima temporada, a DTM, categoria de turismo alemã, aparece como o grande foco no momento. Na F-E, os times estão fechados - para um campeonato que começa em em poucas semanas - e poucas mudanças são esperadas nas equipes do Mundial de Endurance. Além disso, Massa teria um trunfo importante na negociação com uma das três montadoras que fazem parte da categoria germânica: a relação de três anos trabalhando com a Mercedes na Fórmula 1.

Em entrevista exclusiva ao UOL Esporte, quando perguntado sobre a possibilidade da experiência com a marca alemã ser importante para suas chances em 2017, Massa despistou, mas revelou que há negociações.

“Acho que minha relação com qualquer tipo de coisa pode ser importante para meu futuro. Porém, para falar a verdade, nada foi decidido. As coisas estão começando a serem conversadas.”

A Mercedes decepcionou neste ano na DTM e é a única das três marcas da categoria sem chances de título na decisão do campeonato, que será realizada entre os dias 14 e 16 de outubro. É justamente neste final de semana que é esperada uma definição a respeito do número de pilotos de cada equipe, uma vez que existe a possibilidade de redução de oito para seis pilotos, assim como a proposta de que o limite seja de sete, sendo que um deles obrigatoriamente seria um estreante.

Massa, contudo, não descarta demorar mais tempo para voltar às pistas após deixar a Fórmula 1. 

“Não vou decidir tão rápido porque quero ter certeza do que vou fazer. Em primeiro lugar, meu futuro não é apenas ligado a correr, há outras coisas que também penso em fazer: trabalhar usando minha imagem, fazendo o que sempre gostei de fazer, e talvez vindo a algumas corridas de Fórmula 1. Lógico que vou querer correr porque é o que eu gosto de fazer, mas tem bastante coisa em volta.”

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Redação
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Blog do Carsughi
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
AFP
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Topo