Fórmula 1

Chefe da Mercedes comemora tricampeonato criticando mudanças nas regras

Clive Mason/Getty Images
Imagem: Clive Mason/Getty Images

Julianne Cerasoli

Do UOL, em Suzuka (Japão)

10/10/2016 06h00

Os 40 pontos pela vitória de Nico Rosberg e o terceiro lugar de Lewis Hamilton no GP do Japão foram mais do que suficientes para a Mercedes selar a conquista do tricampeonato de construtores, com quatro corridas para o final.

Mesmo com a lavada nos demais concorrentes, o chefe Toto Wolff considera que este foi o campeonato mais difícil da equipe desde o início de seu domínio, com a extensa mudança de regulamento de 2014, e aproveitou para criticar a decisão de alterar novamente as regras na próxima temporada.

“Não tivemos uma temporada tão dominadora quanto as outras e, para mim, isso é fruto da diminuição das diferenças devido a um regulamento estável”, opinou Wolff. “Por isso que sempre dissemos: mantenham as regras como estão porque as diferenças vão diminuir e eventualmente teremos mais disputas. Mas daí alguém decidiu inventar algo diferente para o ano que vem e imagino que volte tudo ao começo.”

Para o ano que vem, os carros passarão por mudanças aerodinâmicas e terão pneus mais largos. Espera-se que, com isso, o ganho seja de até 5s por volta. Porém, seguindo a teoria de Wolff, uma nova mudança traz o risco de que outra equipe, ou até mesmo a Mercedes, encontre uma vantagem que seria mais difícil de ser obtida no caso da manutenção do mesmo regulamento por uma sequência mais longa de temporadas.

Ainda falando sobre a forma como a Mercedes disputou os últimos campeonatos, Wolff destacou que a equipe não interferiu na briga interna de seus pilotos pelo título - e garantiu que isso não vai mudar mesmo com a conquista do tri.

“Nós deixamos eles disputarem. Em três anos, não tivemos ordens de equipe - o que não seria popular entre os fãs. Então nada vai mudar. Eles estão livres para disputar.”

Faltam quatro etapas para o final do campeonato. Após vencer de ponta a ponta no Japão, Nico Rosberg lidera com 33 pontos de vantagem para Lewis Hamilton.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Redação
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Blog do Carsughi
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
AFP
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Topo