Topo

Fórmula 1

Felipe Nasr surge como nome forte para substituir Hulkenberg na Force India

Charles Coates/Getty Images
Imagem: Charles Coates/Getty Images

Do UOL, em São Paulo

22/10/2016 15h34

O anúncio da ida de Nico Hulkenberg para a Renault abriu uma cobiçada vaga na Force India. E o brasileiro Felipe Nasr, ainda sem confirmação para a próxima temporada, se tornou um dos candidatos mais comentados para substituir o alemão no time que ocupa atualmente a quarta colocação no mundial de construtores.

De acordo com a conceituada publicação alemã Auto Motor und Sport, alguns fatores estariam contando a favor do brasileiro, que fará a terceira temporada na Fórmula 1 em 2017: além dos bons resultados do ano de estreia, quando marcou 27 pontos com a Sauber, antes que o time entrasse em crise de desenvolvimento pela falta de dinheiro especialmente a partir do final de 2015, o patrocínio do Banco do Brasil, de 15 milhões de euros anuais - equivalente a mais de 50 milhões de reais - e o lobby de Bernie Ecclestone pela permanência de um brasileiro no grid.

Segundo a publicação, o grande rival para a vaga seria Esteban Ocon, protegido da Mercedes e atualmente na Manor. A Force India utiliza os motores alemães e conseguiria, com a contratação do conceituado francês, um desconto na compra dos propulsores. Outra opção seria Pascal Wehrlein, também vinculado à Mercedes.

O nome de Ocon é há meses ligado à segunda vaga da Renault, mas os engenheiros teriam pedido a permanência de Kevin Magnussen para dar estabilidade a um time que vem passando por extensas mudanças. A equipe vinha tentando a contratação de Valtteri Bottas, mas a Williams não teria liberado o finlandês, que ficaria em Grove por mais um ano.

Apesar das grandes equipes estarem definidas para a próxima temporada - Mercedes, Ferrari,  Red Bull e Toro Rosso manterão suas duplas, enquanto a McLaren terá o estreante Stoffel Vandoorne ao lado de Fernando Alonso, Williams, Force India, Renault, Haas, Sauber e Manor ainda não anunciaram seus pilotos.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!