Fórmula 1

Nasr esfria rumores e insiste não ter "nenhuma ligação" com Force India

Andrew Boyers Livepic/Reuters
Imagem: Andrew Boyers Livepic/Reuters

Julianne Cerasoli

Do UOL, na Cidade do México (MEX)

27/10/2016 14h41

Primeiro veio o anúncio da saída de Nico Hulkenberg da Force India, abrindo uma vaga muito cobiçada no time que ocupa o quarto lugar no campeonato. Depois, rumores publicados por um dos jornalistas mais respeitados do paddock, Michael Schmidt, da alemã ‘Auto Motor und Sport’, dando conta de que Felipe Nasr poderia usar seus patrocinadores e a influência de Bernie Ecclestone para bater os candidatos naturais ao cockpit, que seriam aqueles ligados à Mercedes, fornecedora de motores do time. E em questão de horas o brasileiro já estava sendo confirmado como o dono da vaga por parte da mídia.

Falando com exclusividade ao UOL Esporte, contudo, o piloto manteve a postura dos últimos dias e negou que tenha qualquer negociação com a Force India.

“Para mim, [esses boatos] não mudam nada no momento. Mas afirmei para todo mundo que veio falar comigo que não tive qualquer ligação com a Force India porque realmente não há nenhum envolvimento da nossa parte.”

Perguntado se, quando fala em “nossa parte”, refere-se também a seu empresário, o brasileiro disse que sim. “Significa eu, meu empresário, todo mundo”.

O piloto, que conversa com a Renault mas também tem chances de continuar na Sauber, espera poder anunciar seu futuro nas duas próximas semanas, antes do GP do Brasil. Quando foi confirmado no time suíço para estrear na F-1, em 2015, a notícia foi dada justamente às vésperas da etapa brasileira. “Seria bom que, até a corrida do Brasil, nós tivéssemos uma definição. Uma confirmação antes da corrida de casa seria muito legal.”

Questionado pelo UOL Esporte o quão perto está de poder fazer o anúncio dentro deste prazo, o piloto afirmou que não tem tido participação direta nas negociações. “Eu não sei, eu estou por fora. Meu empresário sabe o que eu quero e eu deixo ele trabalhar. Prefiro que seja assim para eu ficar tranquilo para fazer a minha parte.”

Falando sobre o GP deste final de semana no México, Nasr lembrou que a prova trouxe muitas complicações para os freios ano passado - especialmente para ele, que sofreu com superaquecimento em várias provas em 2015.

“Estamos usando um novo fornecedor de freio nesse ano e isso deve ajudar, mas não resolve completamente porque muitas equipes tiveram problemas de freios na corrida do ano passado. Devemos esperar o mesmo esse ano, tendo de cuidar um pouco mais dos freios no final de semana.”

O piloto vem de um final de semana que começou muito positivo em Austin, com o carro se comportando bem nos treinos livres da sexta-feira, mas depois piorando muito no sábado. Com isso, Nasr classificou-se apenas em 21º. Na corrida, o piloto conseguiu se recuperar e cruzou na 15ª posição.

Porém, mesmo que o carro não tivesse piorado tanto para a definição do grid, Nasr não acredita que seria suficiente para pontuar. “Ainda acho que, na corrida em si, falta ritmo para o nosso carro. Para a classificação estamos extraindo um pouco mais do carro - infelizmente não pude colocar isso em prática em Austin devido ao desequilíbrio no carro. Mas o ritmo de corrida, quando comparamos com equipes como a Renault, Toro Rosso e até mesmo a Haas, o deles é muito melhor ainda. Então acho que, dificilmente a gente conseguiria passar do 12º lugar.”

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Redação
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Blog do Carsughi
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
AFP
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Topo